Cialis: Alternativa no tratamento para disfunção erétil

Antes de ler esse artigo, tenho uma pergunta para você: Você tem interesse em demorar muito mais na cama? Quer saber o segredo dos atores pornô e deixar sua mulher LOUCA DE TESÃO? Clique aqui e assista ao vídeo.

Quando um homem é estimulado sexualmente, seu organismo bombeia sangue para o pênis, para que ele possa ter uma ereção. Os caras que sofrem de disfunção erétil têm organismos os quais não conseguem encher o pênis de sangue, fazendo sua ereção ser mais fraca ou sequer existir, impedindo ele de ter uma relação sexual satisfatória.

Cialis tratamento disfunção erétil

A impotência sexual pode ser causada pelos mais diferentes fatores, como questões biológicas, hereditárias, psicológicas ou, até mesmo, ser resultado de algum tratamento médico.

Por causa disso, é muito importante que o homem que sofre de disfunção erétil procure um médico antes de aderir a qualquer tipo de tratamento. Devido ao alto número de fatores que causam a condição, existem tratamentos bastante diferentes e adequados a cada uma dessas causas. Entre esses tratamentos, está a Tadalafila, comercializada com o nome de Cialis.

Como a Cialis funciona

A Cialis é um dos medicamentos utilizados para tratar a disfunção erétil, e ela trabalha por aumentar o fluxo de sangue no pênis, tornando mais fácil para o homem manter uma ereção durante o ato sexual.

A Cialis sozinha não faz com que o homem tenha uma ereção, para o seu bom funcionamento, é necessário que o cara tenha algum estimulo sexual. Depois de o sexo acabar com o cara gozando, o bombeamento de sangue no pênis diminui, fazendo com que a ereção chegue ao fim.

Tempo de ação

Para o seu bom funcionamento, a Cialis deve ser consumida 30 minutos antes de começar a atividade sexual, e seus efeitos no organismo podem durar um período de até 36 horas;

Contraindicações da Cialis

A Cialis não deve ser utilizada por homens que não sofram de disfunção erétil que estejam atrás somente de aumentar ou potencializar sua ereção.

Fora isso, as únicas pessoas que devem evitar o medicamento são aqueles caras que tenham alergia a algum dos elementos da sua composição. Como a Cialis contém lactose na sua composição, é importante que os caras que são intolerantes ou alérgicos tenham cuidado com o medicamento. Por isso, consulte um médico antes de começar um tratamento com a Cialis.

Precauções sobre o uso da Cialis

Como o remédio trabalha aumentando o fluxo sanguíneo no organismo, é muito importante o cuidado de pacientes que sofrem ou tenham sofrido de problemas cardíacos ou priapismo e condições que causem a predisposição à condição, sobre o consumo da Cialis.

Para isso, deve ser contatado um médico para que ele decida se o medicamento é de fato adequado para o seu tratamento, assim como a dosagem do mesmo.

Efeitos colaterais da Cialis

Como todo tipo de medicamento, a Cialis também oferece riscos de efeitos adversos no organismo daqueles que o consomem. Entre esses efeitos colaterais, estão alguns casos de perda de visão momentânea, causada pela carência de fluxo sanguíneo no nervo óptico, devido a ação localizada no pênis.

Apesar disso, não está comprovado que a Cialis tenha realmente alguma ligação com esses quadros, pois a perda de visão também ocorre em homens que não consomem o remédio. Quem sofre de pressão alta, diabetes, alto colesterol e fumantes, por exemplo, também estão predispostos a sofrer desse quadro.

Recomendados Para Você:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *