Disfunção Erétil: causas e tratamentos

Antes de ler esse artigo, tenho uma pergunta para você: Você tem interesse em demorar muito mais na cama? Quer saber o segredo dos atores pornô e deixar sua mulher LOUCA DE TESÃO? Clique aqui e assista ao vídeo.

Muitos homens têm medo de sofrer da disfunção erétil, a infame impotência sexual.A disfunção erétil se caracteriza pela falta de capacidade do homem de ter sucesso em ter ou manter uma ereção na maior parte das vezes que tenta ter uma relação sexual.

Por causa da impotência, o homem não consegue manter o pênis ereto o suficiente para realizar a penetração, incapacitando-o de ter a relação.

Disfunção erétil

A insatisfação sexual é o principal problema da disfunção erétil, a qual pode ter muitas causas, desde motivos biológicos até motivos psicológicos. Para saber mais sobre essa preocupante doença para os homens, leia a seguir mais informações sobre a impotência sexual.

Causas da disfunção erétil

A impotência sexual pode ter causas de várias naturezas diferentes, podem ser aspectos físicos, biológicos ou até mesmo psicológicos que interferem na capacidade do homem de ter uma ereção.

Entre esses problemas, estão os problemas psicológicos como a ansiedade e o estresse. Algumas doenças como diabetes, hipertensão, baixos níveis de testosterona, Alzheimer, Parkinson e lesões na medula estão fortemente relacionadas com a disfunção erétil. Por fim, o consumo excessivo de alguns medicamentos, assim como o abuso do álcool e dos cigarros podem causar a impotência nos homens.

Apesar de muitos homens acreditarem que o envelhecimento causa a disfunção erétil, esse problema está mais relacionado com dificuldades do sistema cardiovascular, além da queda dos níveis de testosterona nos homens mais velhos.

Sintomas da disfunção erétil

Além do óbvio, a dificuldade em ter e manter uma ereção, alguns outros sintomas podem aparecer quando o homem sofre da disfunção erétil.

Entre eles, estão o menor tamanho do pênis, queda e diminuição no número de pelos no corpo do homem, atrofia dos testículos e deformações no formato do pênis.

Como é feito o diagnóstico da disfunção erétil

O primeiro passo para diagnosticar corretamente a disfunção erétil é conversar com o seu médico sobre os sintomas. Existem aparelhos que podem avaliar as ereções do homem durante o sono, já que os homens tendem a ter ereções dormindo.

Esse aparelho permite verificar se o problema é biológico ou psicológico, pois se as ereções do homem durante a noite tiverem um bom período de duração e tamanho, quer dizer que ele não está sofrendo de nenhuma doença e a impotência é apenas psicológica.

Tratamentos para a disfunção erétil

É só falar em impotência que todo mundo já sai pensando em Viagra. Mas calma, primeiro você deve falar com o seu médico para verificar qual é, de fato, a origem do problema. Em alguns momentos, só é necessária uma mudança no estilo de vida para se recuperar da impotência, seja abandonando o cigarro ou diminuindo a quantidade de álcool consumida, assim como abandonar algumas atividades estressantes do dia a dia.

No caso dos homens mais velhos, é comum que o tratamento seja à base da reposição hormonal, pois a causa costuma ser os níveis mais baixos de testosterona no sangue, que podem causar problemas muito maiores do que a disfunção erétil.

Alguns casos ainda podem necessitar de cirurgia para implantação de prótese peniana, o que acontece geralmente quando o homem sofreu algum trauma ou doença no pênis.

Recomendados Para Você:

One Comment

  1. Ivan Bezerra Fonseca

    Fiz uma cirurgia radical de próstata a 7 anos, até o presente momento não tive mais a ereção suficiente ao ponto de penetração, será que ainda existe a possibilidade de recuperar sem ter que submeter a uma prótese?

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *