Doenças do pênis: Saiba como se prevenir

A saúde do pênis é um assunto que os homens devem se preocupar constantemente. Apesar disso, muitos deles sequer conhecem as doenças que podem afetar seu órgão genital, tampouco os riscos e sintomas das mesmas, para poder sempre estar ciente da sua saúde sexual.

Doenças do pênis

O pênis pode ser afetado por diferentes tipos de doenças, desde hereditárias e sexualmente transmissíveis até inflamatórios, infecciosas, traumáticas, tumorais e congênitas.

Para garantir a saúde plena do seu órgão, é preciso mantê-lo sempre higienizado, além de ter um conhecimento básico sobre as doenças do pênis, para saber quando tem algo errado lá embaixo. Confira a seguir as principais doenças do pênis e como preveni-las.

As principais doenças do pênis

Fimose

Essa é, talvez, uma das doenças do pênis que os caras mais tenham conhecimento sobre. A fimose ocorre quando a pelezinha que cobre a cabeça do pênis não consegue se retrair o suficiente para expor a cabeça. A principal causa disso é porque a pele tem uma abertura menor do que o que deveria e, com isso, o homem não consegue puxá-la para exibir a cabeça.

Os riscos dessa doença, além da dificuldade em limpar a cabeça do pênis da maneira correta, estão no estrangulamento da cabeça do pênis, que quer dizer que o fluxo sanguíneo e de líquidos no local não será eficaz.

Balanopostite

Fungos e bactérias se aglomeram na cabeça do pênis e causam a Balanopostite, que é a inflamação da cabeça do pênis e da pele que a cobre. Os principais sintomas dessa doença do pênis são um vermelhão no local, além de dores e o inchaço da uretra, causando dificuldades do paciente para urinar.

A Balanopostite deve ser tratada o mais cedo possível, visto que ela pode causar doenças mais sérias nos homens, como o câncer no pênis.

Disfunção erétil

A infame impotência sexual é causada tanto por fatores biológicos como por fatores psicológicos. Ela pode ser resultado de alguns hábitos daqueles que sofrem dela, como fumar, beber em excesso, ou má alimentação.

Outros fatores como algumas doenças, como diabetes e hipertensão, assim como efeitos colaterais de alguns remédios ou tratamentos podem causar a impotência sexual. Ainda o estresse e a ansiedade também são questões psicológicas que podem causar alguns quadros.

Doença de Peyrone

Essa doença ocorre quando o pênis toma uma curvatura estranha quando fica ereto, não conseguindo ficar totalmente de pé. Outro sintoma dela são as dores durante a ereção, que podem causar um grande desconforto no paciente.

Se não tratada, os quadros mais avançados da doença de Peyrone podem apresentar alguns casos de disfunção erétil. A única maneira de tratar essa doença do pênis é a cirurgia.

Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs)

As DSTs são as mais conhecidas entre os caras, e muitas vezes são aquelas que eles mais têm medo. Entre elas, está a clamídia, que faz com que a uretra fique inflamada e, com isso, traz muita dor ao urinar, além de coceiras e desconfortos no pênis e testículos.

Outra DST conhecida é a gonorreia, que faz com que um líquido amarelo escorra pela uretra, além de causar dor e sensação de queimação ao urinar. A herpes genital que compromete a pele do pênis também está entre as doenças do pênis mais conhecidas pelos caras. Por fim, a sífilis pode oferecer grandes riscos à saúde sexual e geral do homem, ela se dá por algumas lesões na genitália e pode afetar os órgãos vitais do paciente.

Prevenção contra as doenças do pênis

Cada tipo de doença terá o seu tipo diferente de prevenção. As mais simples são as DSTs, pois basta o homem se proteger e usar camisinha na hora do sexo que ele estará seguro de ser contagiado por qualquer uma dessas doenças.

Já as doenças genéticas, hereditárias e congênitas são impossíveis de evitar, pois o cara já vai nascer com elas. A melhor maneira de evitar essas doenças ou tratá-las logo que surgirem, é ter consultas médicas periódicas para discutir sua saúde sexual com um médico, para que ele possa fazer exames rotineiros e garantir que está tudo bem lá embaixo.

Recomendados Para Você:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *