Androxon: Indicações e riscos

Nos casos de deficiência nos níveis do hormônio da testosterona no homem, o tratamento mais indicado a esses pacientes é a reposição desse hormônio através da sua suplementação. O problema é que grande parte desses suplementos pode oferecer riscos à saúde desses paciente, especialmente em relação ao seu fígado.

É então que entra o Androxon: esse suplemento é absorvido pelo sistema linfático, responsável pelo transporte de fluidos no nosso organismo e essa diferença garante que ele não interfira, de forma alguma, com a saúde hepática do paciente.

Androxon

Essa característica faz com que ele seja mais bem visto na comunidade, e, assim, tenha uma aceitação melhor entre os médicos da área.

Para que se deve tomar o Androxon?

O Androxon costuma ser indicado no tratamento de distúrbios que causam a queda hormonal nos homens, com o objetivo de repor os seus níveis de testosterona. Essas quedas podem ocorrer devido a uma série de fenômenos, como a castração, eunucoidismo, impotência sexual e infertilidade.

Além dessas questões sexuais, o Androxon pode ser usado para tratar problemas derivados da baixa hormonal no homem, servindo no combate contra a osteoporose resultante dos baixos níveis de testosterona.

Como tomar o Androxon?

A melhor maneira de saber a dose e horários ideais para você consumir esse medicamento, é consultando um médico especialista, ele irá saber exatamente quais são os seus problemas e qual a melhor maneira de tratá-los, sempre evite a automedicação.

Nos tratamentos à base de Androxon, o mais comum é que as cápsulas sejam tomadas após as refeições diárias, com doses maiores nas três primeiras semanas do tratamento e, a medida que as respostas ao tratamento sejam positivas, doses menores passem a ser tomadas.

Contra indicações do Androxon

Outro motivo para consultar um profissional antes de começar a consumir o Androxon é que ele poderá conversar com você sobre substâncias as quais você tem maior sensibilidade.

As únicas contraindicações do Androxon são no caso de o paciente ter aversão a algum dos elementos que compõem a sua fórmula.

Efeitos colaterais

Apesar de nenhum efeito colateral que ameace a saúde de quem o consome, uma série de efeitos colaterais pode se manifestar nos pacientes que passem por um tratamento com o Androxon.

Entre eles, estão o priapismo, maior frequência entre ereções, aumento do pênis, oligospermia e menor volume de sêmen durante a ejaculação.

Usos indevidos do Androxon

Por se tratar de um repositor do hormônio da testosterona, o Androxon possui grandes características anabolizantes. Por causa disso, muitos atletas e fisiculturistas decidem consumir o remédio para obter maior resultado nos seus treinos.

Com essas características, o Androxon ajuda o atleta a ter mais energia para malhar. O que acontece, porém, é que o Androxon não tem nenhum contato com o fígado durante sua absorção pelo organismo, essa é justamente uma de suas vantagens.

Como isso não acontece, ele acaba não oferecendo nenhuma vantagem na melhoria da definição ou crescimento dos seus músculos. Além disso, o medicamento tem o preço bastante elevado, o que faz dele um prejuízo para aqueles que estão atrás de resultados puramente estéticos.

Recomendados Para Você:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *