Remédios para ejaculação precoce: principais opções

Antes de ler esse artigo, tenho uma pergunta para você: Você tem interesse em demorar muito mais na cama? Quer saber o segredo dos atores pornô e deixar sua mulher LOUCA DE TESÃO? Clique aqui e assista ao vídeo.

Para ajudar no que diz respeito ao controle de êxtase sexual, existem hoje diversos remédios para ejaculação precoce no mercado. Normalmente eles atuam diminuindo a sensibilidade do órgão sexual masculino, quando é algo tópico, aplicado diretamente, ou atuam no psicológico, diminuindo a ansiedade do homem. Por terem efeitos colaterais que podem ser arriscados, é importante sempre consultar um médico antes.

Na sua maioria, os remédios para ejaculação precoce mais usados podem ser inclusos:

Antidepressivos

Alguns remédios com propriedades antidepressivas costumam ter efeitos colaterais que atrasam a ejaculação. Por esse motivo, muitas vezes os antidepressivos são receitados para reaver a serotonina antes perdida. Os remédios mais comuns receitados são a sertralina, fluoxetina, paroxetina, dapoxetina, entre outros. Sem contar que a maioria desses antidepressivos ajuda a reduzir a ansiedade, que pode estar relacionada com a ejaculação precoce.

Todos os medicamentos costumam levar cerca de 10 dias para começar a fazer efeito, porém, é preciso ter paciência para que o resultado satisfaça quem o uso. Ansiedade não é bom nesse caso nem na hora do tratamento.

Analgésicos

Existe um analgésico no mercado, chamado de Tramadol, bastante usado para tratar as dores. O que acontece é que um dos efeitos colaterais desse remédio é atrasar a ejaculação. Porém, não é indicado usar esse tipo de medicamento sem prescrição, e ele só deve ser usado nos casos de os antidepressivos não funcionarem.

Cremes e pomadas de aplicação local

Alguns anestésicos podem ser usados no pênis como um dos remédios para ejaculação precoce. Os mais usados e conhecidos são a benzocaína, lidocaína e prilocaína. Cada um deve ser aplicado na região do órgão sexual cerca de 10 a 15 minutos antes da relação sexual, isso ajuda a diminuir a sensibilidade do pênis e consequentemente a vontade de ejacular. Mas com isso, um dos efeitos colaterais dos anestésicos são a diminuição do prazer, além de algumas reações alérgicas que podem aparecer.

O fato de todos os remédios para ejaculação precoce terem efeitos colaterais, nos remete a importância de sempre consultar um médico urologista antes de iniciar qualquer tipo de tratamento. Tomar remédio sem prescrição médica pode causar sérios problemas, sem contar que os efeitos podem ser contrários.

Inibidores da 5 fosfodiesterase

Os mais conhecidos são o tadalafil e sildenafil, também conhecidos como Cialis e Viagra, respectivamente. Esses são os medicamentos mais comuns usados para disfunção erétil, e também possuem o efeito de retardar a ejaculação, principalmente quando ingeridos junto a antidepressivos. O problema é que os efeitos colaterais podem envolver dores de cabeça, vermelhidão facial, má digestão, e não é indicado para pessoas que sofrem de problemas cardíacos.

Remédios caseiros para ejaculação precoce

Um dos remédios para ejaculação precoce que podem ser feitos em casa é o pó de saw palmetto. Ele ajuda a prolongar o tempo até a ejaculação e também estimula o apetite sexual. Para fazer, basta diluir em um copo com água, 1 colher de chá do pó de saw palmetto. Deve ser tomado duas vezes ao dia e por um tempo até que o paciente se sinta melhor.

Esse remédio pode ser usado para completar um tratamento, mas nunca como única opção. Por isso, antes de tomar qualquer decisão sozinho, sempre procure um médico.

Recomendados Para Você:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *