Adulto

O que é ninfeta? Entenda o significado

Ninfeta
Antes de ler esse artigo, tenho uma pergunta para você: Você tem interesse em demorar muito mais na cama? Quer saber o segredo dos atores pornô e deixar sua mulher LOUCA DE TESÃO? Clique aqui e assista ao vídeo.


Ninfeta

O termo ninfeta geralmente é associado a categorias eróticas, ou ao imaginário adulto de uma mulher jovem, geralmente com ares de inocência, mas altamente sexualizada e em busca de um parceiro para realizar seus desejos.

O termo data do início do século XVII, quando foi registrado em um dicionário pela primeira vez, mas só ganhou sua conotação um pouco mais erotizada durante o século XX, através da literatura russa.

Em alguns registros, o termo simplesmente faz referência a uma adolescente. Em outros lugares, trata-se de toda uma composição de características referentes a um tipo específico de desejo, que é comumente expresso em obras eróticas.

Saiba mais sobre a origem da palavra ninfeta, e como ela popularizou-se com o tempo:

As ninfas mitológicas

Ninfeta, como não é difícil de se imaginar, deriva da palavra de origem grega “ninfa”. As ninfas eram personagem mitológicas da cultura grega. Eram espíritos femininos da natureza, que habitavam diversos ambientes e eram divididas em várias categorias. Uma constante, no entanto, era sua representação da feminilidade e da fecundidade.

Mais do que isso, estas delicadas elementais foram muitas vezes desejadas e erotizadas por sátiros e outros personagens mitológicos, o que traz, desde aquela época, a ideia de fantasias com ninfas.

Da mitologia grega para a literatura russa

Este ideário erótico relacionado às ninfas foi transposto, milhares de anos depois, para a nova palavra que derivaria deste conceito mitológico: ninfeta. A popularização da nova palavra aconteceu através da literatura russa.

Em meados do século XX, Vladimir Nabokov escreveu o livro Lolita. Nele, um adulto maduro envolve-se eroticamente com uma adolescente de 14 anos, que carregava todas as características do que se poderia imaginar como uma jovem ninfa.

Ela possuía aparência delicada e inocente, mas despertava desejos do homem mais velho e o desejava. O livro foi transformado em uma famoso filme, dirigido por Stanley Kubrick, em 1962, o que imortalizou esta concepção.

A percepção de ninfeta na linguagem popular

Na linguagem popular, o termo ninfeta costuma ser associado ao que foi extraído da obra de Nabokov e de Kubrick. A ideia de uma Lolita – obviamente, maior de idade, neste caso – alimenta o imaginário de muitos homens mais velhos, o que fez com que o termo ganhasse muita força ao longo dos anos.

A ninfeta e a pornografia

Na pornografia, a termo ninfeta geralmente faz referência à percepção popular da palavra. Na prática, muito do que se entende como uma “ninfeta” em um filme erótico remete bastante ao esteriótipo de Lolita, referente à literatura russa.

Em outras palavras, ao assistir um vídeo erótico de ninfetas, provavelmente trata-se de um conteúdo com um jovem com visual adolescente e pueril, mas altamente sexualizado. Em geral, faz referência às fantasias que remetem ao sexo com garotas jovens.

Em português, a palavra toma o lugar da categoria que em inglês é geralmente chamada de “teens”, que poderia ser traduzida como “adolescentes”. Há, neste caso, uma referência não apenas à idade aparente, mas a todo o imaginário do que se entende como o esteriótipo de uma “Lolita”.

Recomendados Para Você: