Exame para saber a quantidade de testosterona

Antes de ler esse artigo, tenho uma pergunta para você: Você tem interesse em demorar muito mais na cama? Quer saber o segredo dos atores pornô e deixar sua mulher LOUCA DE TESÃO? Clique aqui e assista ao vídeo.

Também chamado de Testosterona Total, o exame para saber a quantidade de testosterona no organismo é geralmente relacionado a outros tipos de análises. Entre eles, o Hormônio Folículo Estimulante (FSH), o Hormônio Luteinizante (LH), a Testosterona Livre e Biodisponível e Diidrotesterona (DHT). Veja aqui um artigo sobre Testosterona Livre e Total

A Globulina de Ligação de Hormônio Sexual (SHBG), o Estradiol/Estrogênio, o Hormônio Liberador de Gonadotrofina e o Sulfato de Desidroepiandrosterona (DHEAS) são outros exames normalmente associados ao de quantidade de testosterona.

Na verdade, existem duas maneiras de verificar a testosterona: um exame de sangue e um teste de saliva. A forma mais comum é um simples exame de sangue, que mede a testosterona total do organismo.

Mas o teste de saliva é uma maneira rápida, fácil e eficiente de conferir os níveis de testosterona, seja na residência do paciente ou no consultório médico. Há mais de 30 anos, os órgãos nacionais de saúde aplicam testes de saliva para medir os níveis hormonais.

Ao verificar a dosagem do hormônio masculino no sangue, é possível ter um diagnóstico mais preciso em homens, mulheres e meninos a respeito das seguintes condições:

  • Disfunção erétil nos homens;
  • distúrbios no hipotálamo ou hipófise;
  • hirsutismo em meninas e mulheres, ou seja, surgimento excessivo de pelos de aspecto masculino na mulher, em locais normalmente desprovidos de pelos;
  • infertilidade em ambos os sexos;
  • puberdade prematura ou tardia em meninos;
  • redução do impulso sexual em mulheres e homens;
  • tumores de testículos.

No sexo masculino, o exame para saber a quantidade de testosterona é solicitado junto com dosagens de FSH e LH, em situações de puberdade tardia ou demora no desenvolvimento.

Por exemplo: em casos de atraso da evolução na massa muscular, crescimento lento dos testículos e pênis, além de ausência de pelos corporais ou engrossamento da voz.

Mesmo considerando que possa haver diferenças de uma pessoa para outra quanto ao início da puberdade, por volta dos dez anos de idade os sinais físicos e hormonais do processo já podem ser notados nos meninos.

Mas o teste para medir o nível de testosterona no organismo pode ser realizado, ainda, quando existem indícios de puberdade precoce demais no jovem. E uma das preocupações é que tal adiantamento possa estar ligado a diversos tumores ou hiperplasia suprarrenal congênita.

Quanto aos adultos, costuma-se pedir um exame para saber a quantidade de testosterona quando existe suspeita de infertilidade ou quando o paciente reclama de disfunção erétil e perda de apetite sexual. Dois problemas que podem ser causados por baixos níveis do hormônio masculino.

Outros sinais são ausência de barba e pelos corporais, a redução da massa muscular e a ginecomastia, que é o desenvolvimento exagerado de tecido mamário no homem.

Nas mulheres, o teste de testosterona é normalmente sugerido quando há dificuldade para engravidar; em quadros de ciclo menstrual irregular ou ausente (amenorreia); na presença de características masculinas (pelos em face e tronco, calvície de padrão masculino e engrossamento da voz).

Tumores nos ovários ou na suprarrenal, além de problemas como Síndrome do Ovário Policístico (SOPC) são algumas das razões para uma melhor avaliação dos níveis de testosterona no corpo feminino.

Porém, a normalidade ou não dos resultados do exame para saber a quantidade de testosterona pode variar de acordo com a idade e o estágio de maturidade da pessoa. E é compreensível que haja redução com o passar dos anos.

O que é inquestionável é a importância de ter a quantidade de testosterona ideal no organismo, em ambos os sexos.

Caso contrário, isso pode afetar a saúde como um todo, além de músculos, ossos, cérebro, órgãos genitais, sistema vascular, função sexual, nível de energia e distribuição de gordura corporal.

Homens, mulheres, jovens, adultos, idosos. Todos podem contar com o exame para saber a quantidade de testosterona, um importante aliado na manutenção do bem-estar e da qualidade de vida.

Saiba Mais sobre Testosterona

Aqui no Testosterona.me nós já publicamos diversos artigos sobre testosterona, confira abaixo alguns links importantes sobre o assunto:

Recomendados Para Você:

8 Comments

  1. boa tarde,amigo quem pode passar o exame pra saber niveis de testo? urologista? procto? nutricionista? no aguardo…

  2. Quanto custa em média esse exame???

  3. Eu encontro esse exame em clinicas particulares ? Qual a media de preço ?

  4. No meu exame recente a testosterona deu 1.100. qdo o normal seria até 500 acho eu. como fazer para abaixar e qual a causa desta porcentagem e como faço para abaixa-l pois acredito que em excesso deve ser prejudicial

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *