Vasodilatador: para que serve?

Antes de ler esse artigo, tenho uma pergunta para você: Você tem interesse em demorar muito mais na cama? Quer saber o segredo dos atores pornô e deixar sua mulher LOUCA DE TESÃO? Clique aqui e assista ao vídeo.

O uso de um suplemento vasodilatador é uma das estratégias mais comuns para o aumento da massa muscular e, sobretudo, para a melhoria do desempenho físico de um indivíduo que busca aprimorar seu corpo. Vasodilatadores são substâncias permitidas e que possuem uma funcionalidade bastante prática para o corpo, já explicada em seu nome: dilatar vasos sanguíneos.

O uso de um vasodilatador acelera o desempenho e os potenciais físicos de um atleta, o que o torna necessário para o desenvolvimento de esportistas de diversos segmentos, inclusive os da musculação.

Entenda para que serve um vasodilatador, quais são os suplementos que contém este efeito, quais são seus benefícios e quais alimentos naturalmente oferecem um potencial de vasodilatador:

Para que serve um vasodilatador?

Um vasodilatador é um suplemento que dilata os vasos sanguíneos, como o próprio nome indica. Isso significa que há uma maior passagem de sangue e, consequentemente, de nutrientes para os tecidos musculares necessários para a realização da prática esportiva.

Ele permite, portanto, um desempenho aumentado para o atleta, com resistência elevada e maiores potenciais de ganhos musculares, uma vez que o tecido é suficientemente alimentado e pode ser mais exigido durante os exercícios.

Quais são os suplementos vasodilatadores?

Entre os principais vasodilatadores, destacam-se aqueles baseados em óxido nítrico, o NO. No corpo, o óxido nítrico representa um ganho significativo na dilatação dos vasos sanguíneos, provavelmente tendo o efeito com melhor custo-benefício.

Estes suplementos são de natureza vitamínico-minerais, e podem ou não conter uma quantidade menor de aminoácidos em sua composição.

Quais os efeitos de um vasodilatador no corpo?

Um dos principais componentes presentes em um vasodilatador é o cálcio, que reúne as substâncias necessárias para a formação do óxido nítrico. O cálcio é essencial para a transmissão de impulsos nervosos, respiração celular e contração dos músculos. Isso significa que, além de permitir uma vasodilatação significativa, promove melhor desempenho e capacidade de contração muscular.

Outro importante elemento é a presença de magnésio, responsável pela síntese que gera o óxido nítrico. Em outras palavras, o magnésio atua, junto ao cálcio, na formação o “ingrediente” principal dos vasodilatadores, além de ser necessário para a contração muscular ao regular a quantidade de potássio dentro das células.

Um vasodilatador de qualidade também costuma ser rico em vitaminas C, algumas do complexo B (em especial B2 e B3) e em Arginina.

Vasodilatadores naturais

Algo que nem todas as pessoas sabem é que é possível obter efeitos que promovem a dilatação dos vasos sanguíneos sem o uso de suplementos. Obviamente, seus efeitos não serão tão poderosos quanto a ação de um suplementos concentrado, mas é possível estimular que isso aconteça sem o consumo de produtos específicos, ou garantir um “pontapé inicial” junto ao suplemento.

Um dos maiores exemplos de vasodilatadores naturais é a beterraba. Por mais surpreendente que pareça, este vegetal possui uma das ações mais poderosas neste sentido, pois é rica em nitrato inorgânico, que pode ser transformado em óxido nítrico, uma vez dentro de nosso organismo.

Outra solução natural surpreendente é a melancia, rica em citrulina. A citrulina confere alguns dos elementos essenciais para a síntese do óxido nítrico no organismo, demonstrando seu grande auxílio no processo de vasodilatação.

Recomendados Para Você:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *