Vasectomia: Saiba tudo sobre o procedimento

Antes de ler esse artigo, tenho uma pergunta para você: Você tem interesse em demorar muito mais na cama? Quer saber o segredo dos atores pornô e deixar sua mulher LOUCA DE TESÃO? Clique aqui e assista ao vídeo.

Em determinada idade muitos caras e muitos casais passam a optar fazer uma vasectomia, atrás de um método contraceptivo seguro e permanente. É claro que antes de partir para o procedimento, é preciso ter certeza de que ele é a escolha certa para você, além de ter consciência de tudo o que há para saber sobre a vasectomia.

Vasectomia: Saiba tudo sobre o procedimento cirúrgico

Com um maior número de informações sobre a operação, melhor será para você saber se é mesmo disso que precisa. Consultar um profissional da saúde é sempre o melhor método de se informar, mas para você criar uma base de conhecimento, confira algumas perguntas frequentes sobre realizar uma vasectomia.

O que é a vasectomia?

A vasectomia é um dos métodos contraceptivos mais eficazes e seguros que existem. Ela se trata de um procedimento cirúrgico normalmente realizado por urologistas que torna um homem estéril.

Durante a cirurgia, o médico faz um corte no canal deferente, que é responsável pelo transporte do esperma, o canal é então amarrado e cauterizado, para que o organismo não o regenere e inutilize a operação. Dessa forma, o homem ainda pode continuar fazendo sexo e ejaculando, apenas não correrá risco de engravidar suas parceiras, pois não haverá esperma no seu sêmen.

Quanto tempo demora uma vasectomia?

Por ser um procedimento bastante simples, a cirurgia não deve levar mais de 20 minutos. Depois de realizar a vasectomia, a região genital ainda pode ficar sensível por alguns dias, mas tudo deve normalizar dentro de uma semana.

Para que isso ocorra sem complicações, é necessário que o paciente siga todas as instruções recebidas pelo seu médico antes e depois da cirurgia.

Para onde vai o esperma?

Como o homem continua ejaculando durante suas relações sexuais, muitos caras ficam curiosos com o que acontece com o esperma. Por não conseguir sair pelo canal deferente, ele é levado até a próstata e de lá é eliminado do corpo pela uretra.

Quais são os riscos da vasectomia?

Apesar de ser um dos procedimentos cirúrgicos mais seguros disponíveis, a vasectomia alguma oferece alguns perigos para a saúde. Entre eles, estão infecções e sangramentos, que normalmente são passageiros; dores e edemas, também passageiros ou uma dor crônica que costuma ser mais duradoura, nesse caso é preciso que você procure o seu médico para tratá-la.

Por fim, o canal deferente ainda pode se recuperar naturalmente, fazendo com que o homem recupere sua fertilidade, embora esses casos sejam muito raros.

O que é uma vasectomia sem bisturi?

Se você está procurando se informar sobre a vasectomia, deve ter ouvido falar da vasectomia sem bisturi. Ela se trata de um procedimento ainda mais simples do que o normal, sem a necessidade de incisões cirúrgicas, mas apenas dois pequenos cortes de cicatrização espontânea na pele.

As vantagens da vasectomia sem bisturi são os menores riscos dos efeitos colaterais do procedimento e um menor desconforto nos dias seguintes a operação. A efetividade do processo sem bisturi não varia quando comparada ao procedimento normal, continuando a ser um dos procedimentos contraceptivos mais seguros e eficazes.

Recomendados Para Você:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *