Treino tri-set: como funciona?

O treino tri-set é uma estratégia cada vez mais popular entre aqueles que desejam ganhar massa muscular de forma mais rápida, com treinos mais curtos e (muito) intensos. O treino tri-set é aquele desenvolvido com uma etapa além do treino super set, o que significa que ele é realizado em segmentos de três exercícios distintos subsequentes sem a possibilidade de descanso entre eles.

A intenção é causar um dano significativo à musculatura, garantindo um crescimento em maior volume. Isso ocorre, obviamente, através de uma enorme queima da calorias e esforço, o que faz com que o treino tri-set não seja desenvolvido exatamente para iniciantes.

Saiba mais sobre o treino tri-set, suas estratégias, recomendações e variantes:

Para quem o treino tri-set é recomendado?

Em primeiro lugar, é necessário compreender que o treino tri-set não é desenvolvido para iniciantes. Trata-se de um treino exigente, doloroso e que exige um mindset de treinamento já desenvolvido.

Para quem recém está começando suas atividades de musculação, o final de uma sessão tri-set pode ser quase traumática, afetando sua continuidade. Além disso, é necessário ter um certo nível de conhecimento a respeito das próprias limitação e musculatura, o que exige experiência prévia para estimular lesões.

Para os que já possuem experiência, no entanto, é uma excelente estratégia para exigir um passo além da própria musculatura. Em especial, recomenda-se o treino tri-set para quem quer adicionar outro degrau na escala de dificuldades, após acostumar-se com o super set.

Quais as vantagens do treino tri-set?

Por exigir três exercícios distintos subsequentes sem descanso, o treino tri-set exige muito da musculatura. Isso envolve uma alta queima de calorias e, sobretudo, um enorme esforço. Esforço, neste caso, significa rompimento do tecido muscular.

É exatamente este dano na fibra que será recuperado e convertido em mais volume, levando à hipertrofia. Em outras palavras, isso significa que a grande vantagem do treino tri-set é a aparição acelerada de resultados em quem pratica o método.

Formas de praticar o treino tri-set

Não há apenas uma maneira de se utilizar a estratégia tri-set para o ganho de massa muscular. Existem duas formas – que podem ser consideradas uma sequência de dificuldades diferentes exigidas do praticante – a serem utilizadas.

A primeira forma, considerada mais fácil, utiliza três grupos musculares diferentes na realização do exercício. Isso significa que os três exercícios realizados serão em áreas distintas, não exigindo do mesmo grupo muscular.

É o caso de realizar uma sequência tri-set com exercícios de agachamento seguidos por um exercício de supino e completado com remada. Tratam-se de três grupos musculares distintos, não exigindo de uma mês área, nesta sequência.

A segunda forma, no entanto, consiste na utilização dos três exercícios em uma mesmo grupo muscular. Isso significa que haverá uma sequência intensa de esforço sobre um mesmo tipo de musculatura. Obviamente, os pesos deverão ser reduzidos, uma vez que o esforço será muito mais alto.

Lembre-se que é necessário acostumar-se com este tipo de exercícios tão exigente, e que o cansaço terá proporções geométricas. Reduzir o peso, aqui, não é uma questão de conforto, mas uma obrigatoriedade.

Um exemplo de treino tri-set em um mesmo grupo muscular seria uma sequência de supinos: reto, inclinado e declinado, sem descansos. Outra opção, para o ombros, é fazer desenvolvimento, elevação lateral e elevação frontal com pesos livres de forma subsequente.

Recomendados Para Você:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *