Treino para o antebraço: Como desenvolver o músculo?

Antes de ler esse artigo, tenho uma pergunta para você: Você tem interesse em demorar muito mais na cama? Quer saber o segredo dos atores pornô e deixar sua mulher LOUCA DE TESÃO? Clique aqui e assista ao vídeo.

Geralmente, nos dedicamos aos músculos musculares mais chamativos do corpo: bíceps, peitoral e abdominais, por exemplo. No entanto, muitas pessoas simplesmente negligenciam treino para o antebraço, pois parece muito difíceis de serem desenvolvidos.

Malhar antebraço

Na prática, um bom treino para o antebraço é aquele que movimenta as mãos em movimentos complexos. Você provavelmente nunca verá um mecânico ou um carpinteiros com antebraço pouco desenvolvido, por exemplo.

Se todo seu desenvolvimento muscular, no entanto, é fruto da hipertrofia na malhação, seu antebraço possivelmente não é tão desenvolvido quanto deveria.

Ter um bom treino para o antebraço não serve apenas para questões estéticas. Embora haja um grande valor estético nisso, sua principal vantagem está na chamada “pegada”. Trata-se da capacidade de trabalhar barras e anilhas da maneira correta, favorecendo os movimentos diários que utilizam os membros superiores.

Saiba como desenvolver um bom treino para o antebraço:

A forma correta de treinar

O treinamento específico para o antebraço é a melhor forma de trabalhar os vários músculos presentes na região, levando-os à fadiga e ao desenvolvimento. Além disso, só em um treino específico você consegue garantir que fará movimentos com a amplitude completa da musculatura. Por isso, recomenda-se incluir estes movimentos ao final da sessão de treino normal.

Nunca treine o antebraço antes dos exercícios com membros superiores. Mesmo que não envolvam o mesmo grupo muscular, você simplesmente não conseguirá suporte para realizar os movimentos.

Não deixe, no entanto, que o cansaço dos exercícios anteriores atrapalhe a realização adequada dos movimentos do antebraço. Preocupe-se em realizar movimentos que realmente utilizem a amplitude completa que a musculatura pode fazer. A quantidade de vezes que o artigo repete esta informação deve ser levada a sério: faça o movimento completo!

Assim como outras partes do corpo, a antebraço possui músculos flexores e extensores. Por isso, é necessário que você movimente a mão em direção ao pulso e em direção ao lado inverso, tanto quanto possível.

Principais tipos de treino para o antebraço

Existem diversos tipos diferentes de exercícios que desenvolvem a musculatura do antebraço. Alguns deles podem ser realizados durante momentos separados do dia. É o caso dos aparelhos do tipo “grip”. São mecanismos semelhantes aos prendedores de pesos às barras, onde utiliza-se a mão para apertar o aparelho que resiste com suas molas.

Exercícios com pesos

Existem, ainda, diversos exercícios que utilizam pesos comuns de academia para trabalhar a musculatura do antebraço. São estes os exercícios que devem ser incluídos mo treino normal de hipertrofia para desenvolver antebraços poderosos.

Separamos dois dos exercícios mais eficientes e simples de serem realizados para um bom treino para o antebraço. Confira:

Curvatura de pulso com halteres – palmas para cima

Treino para antebraço

Como o próprio nome indica, este treino é feito com as palmas para cima, segurando um haltere individual em cada mão. Apoie seu antebraço em uma superfície lisa, de forma que não permita que o cotovelo movimente-se e dê espaço livre para as mãos transitarem para cima a para baixo.

Então, já com os alteres nas mãos, vire o pulso em direção ao chão, tanto quanto possível, e retorne-os apontando para seu ombro. Realize a maior amplitude possível em três séries de quinze repetições.

Curvatura de pulso com halteres – palmas invertidas

Este exercício é praticamente idêntico ao anterior. É necessário posiciona o antebraço em superfície reta para isolar a movimentação apenas aos pulsos. A diferença é que a palma das mãos deve estar voltada para o chão, também segurando halteres.

A movimentação deve ser a mesma nesta posição invertida, calmamente percorrendo toda a amplitude realizável pelo pulso, sempre em direção vertical. Neste exercício, você também deve fazer 15 repetições em cada uma das três séries.

Recomendados Para Você:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *