Treino funcional: o que é?

Para a grande maioria das pessoas, os exercícios são apenas uma forma de manter qualidade de vida, e não um objetivo total e focado de suas vidas. O treino funcional é uma atividade que reconhece isso, e tenta otimizar os exercícios dentro de parâmetros realistas.

Em outras palavras, o treino funcional é desenvolvido para desenvolver a musculatura e a capacidade cardiovascular, de forma a gerar maior qualidade de vida e eficiência em tarefas rotineiras, em vez de preparar o praticante para um esporte de alta performance que ele nem mesmo pretende atingir.

É uma forma de otimizar os esforço em relação à rotina dos praticantes, evoluindo-os em nível físico. Saiba mais sobre a atividade, como ela é desenvolvida, e quais são seus benefícios para o corpo:

O que é um treino funcional?

O treino funcional prepara os músculos para agirem de forma coordenada, otimizando-os na execução de movimentos comuns – o que beneficia a prática de atividades cotidianas. Além disso, ao mesclar o treinamento com diversos grupos musculares, ele garante maior equilíbrio e resistência física.

Um agachamento, por exemplo, é um exercício funcional, pois treina os mesmo músculos utilizados para o levantamento depois de um período sentado, ou para levantar objetos do chão. Ao treinar este músculo, você adquire habilidades diretamente funcionais na prática da rotina.

Outro aspecto positivo do treino funcional é que ele pode ser feito em casa ou na academia. Muitas academias oferecem aulas de treinos funcionais, que levam a atividade a um nível superior de esforço e desenvolvimento, mesclando-o com aparelhos e pesos distintos. Se preferir fazer em casa, no entanto, é possível elaborar seu treino funcional com um pouco de pesquisa, sem gastar nada com isso.

Quais são os benefícios do treino funcional?

Os exercícios funcionais utilizam diversas juntas e vários grupos musculares simultaneamente. Em vem de mover apenas os cotovelos em um exercício isolado de peso, por exemplo, você pode envolver desde os tornozelos até os ombros em um único exercício.

Embora seja menos eficiente em desenvolver volume muscular propriamente dito, é mais útil para o desenvolvimento de habilidades úteis, além de prevenir o desenvolvimento de lesões e melhorar a qualidade de vida.

Além de reduzir riscos de lesões a longo prazo, o treino funcional também desenvolve a agilidade, o equilíbrio e a força. Para pessoas mais velhas, por exemplo, isso representa uma diminuição dos riscos de queda.

Exemplos de treinos funcionais

Atualmente, muitos locais já desenvolvem aulas de exercícios funcionais propriamente ditos, mas não são apenas essas atividades que podem ser consideradas funcionais. Até mesmo o yoga pode ser considerado, em certos aspectos funcional, ao combinar flexibilidade e resistência.

De forma geral, um jeito fácil de fazer referência aos exercícios funcionais é pensar em uma aula de educação física para adultos. Exercícios variados, como agachamentos, apoios, corridas curtas e as famigeradas remadas são exemplos de movimentos típicos.

Há contra-indicações para o treino funcional?

Um treino funcional costuma ser bastante seguro, desde que planejado da maneira adequada. A grande vantagem deste tipo de exercício é que ele pode ser praticado em diferentes intensidades, iniciando-se pelo mais leve, e evoluindo para exercícios avançados e complexos.

Obviamente, é importante consultar-se com um médico caso você seja sedentário ou tenha problemas de saúde significativos. No entanto, com o auxílio de um profissional responsável, praticamente todas as pessoas podem beneficiar-se da prática. Se optar por fazer os exercícios em casa, pesquise antes sobre cada movimento para evitar a execução errada, garantindo que você colha apenas os benefícios da prática.

Esse processo gradual é o que torna o treino funcional tão acessível: basta ter interesse no processo, que pode-se evoluir lentamente, respeitando os limites do corpo e elevando-os aos poucos.

Recomendados Para Você:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *