Treino de força: Benefícios e dicas para o crescimento muscular

Se você quer diminuir a gordura corporal, aumentar a massa magra e queimar calorias, o treino de força pode ser a solução para você. Este tipo de treino mescla desenvolvimento corporal e ganho de saúde para seus praticando. Isso o torna indicado para quem busca mais do que apenas desenvolver a musculatura.

Treino de força

Saiba mais sobre o treino de força, seus princípios básicos e benefícios para a saúde:

Músculos: use-os ou perca-os!

A massa muscular naturalmente é reduzida com a idade e com a falta de uso. Se você não exigir mais de sua musculatura, com o tempo, ela será reduzida e – possivelmente – substituída por gordura. O treino de força é ideal para prevenir essa perda e, ainda, aumentar a massa muscular a qualquer idade.

Além disso, o treino de força auxilia em diversos aspectos outros aspectos. Ele fortalece os ossos, aumentando sua densidade. Além disso, diminui o peso e reduz a gordura ao acelerar o metabolismo, fazendo com que o corpo quebre mais células adiposas armazenadas.

Este efeito na musculatura e no metabolismo gera diversos benefícios para todo o corpo. Ele garante uma saúde mais sólida, evitando doenças crônicas, e melhora até mesmo aspectos mentais da pessoa.

Tipos de treino de força

Para quem pensa que os treinos de força consistem apenas em ir à academia ou puxar caminhões, algumas surpresas. Existem diversos tipos de treinos de força. Eles podem ser praticados em casa, na academia ou na rua, com assistência de pesos ou não.

Exemplo disso é o treino de força que utiliza apenas o peso do corpo. Neste caso, não é necessário nenhum tipo de equipamento, bastando movimentos como apoios, abdominais, agachamos e outros exercícios distribuídos em um treino intenso e bem elaborado.

Pode-se fazer, ainda, treinos de força com pesos livres, sejam halteres ou com anilhas, em qualquer lugar. Além disso, máquinas diversas podem ser utilizadas, mais comumente em academias, pois exigem algum investimento.

Basta definir qual o tipo de treino de força que mais combina com sua rotina e necessidade – não há desculpa para não fazer!

Começando os treinos

Se você não faz absolutamente nenhuma ideia de como fazer um treino de força, o ideal é pesquisar um pouco ou pedir ajuda para profissionais. É bem verdade, no entanto, que algumas abdominais ou apoios não fazem mal a ninguém, para iniciar…

Antes de mais nada, é sempre útil realizar alongamentos ou um aquecimento leve, mesmo que seja por cinco minutos. Isso deixa os músculos aquecidos, prevenindo o risco de lesões. Para o treino de força de iniciantes, a intensidade ideal de um exercício é aquela que deixa os músculos praticamente exaustos após 12 ou 15 repetições.

Busque deixar os músculos descansarem por, ao menos, um dia. Intercale os grupos musculares exercitados em cada dia para não sobrecarrega-los. Se você não sabe quais são os grupos musculares, busque por sugestões e estudos online. Pesquise, ainda, sobre cada movimento para fazê-lo corretamente, evitando lesões.

É normal sentir um pouco de dor muscular após os exercícios. Se a dor for muito alta ou nas juntas, interrompa por alguns dias e pesquise melhor sobre a execução dos exercícios.

Quando os resultados começam a aparecer?

Um treino de força não exige horas e horas de levantamento de peso. Pelo contrário – eles são mais eficientes quando utilizam alta intensidade e descanso posterior. Muitas vezes, treinos de 20 a 30 minutos por, no mínimo, três vezes por semana, são suficientes para ótimos resultados.

Para quem dedica-se à hipertrofia, alguns treinos recorrentes de força pode auxiliar bastante para exercitar-se em prol da saúde, em vez de favorecer apenas os músculos. Não espere, no entanto, resultados em poucos dias.

Embora os benefícios na saúde ocorram rapidamente, os benefícios no corpo, na força e na resistência podem levar algumas semanas para serem notados. Siga praticando os movimentos corretamente, e você verá progressão constante após um tempo.

Recomendados Para Você:

teste