Suplemento faz mal? Veja dicas e cuidados para tomar

Quando tratamos de saúde e suplementação (especialmente em relação a atletas e pessoas que buscam aumentar sua massa muscular), uma das principais questões que surgem é se o suplemento faz mal.

Assim como a maioria dos produtos desenvolvidos no mercado, o suplemento, por si só, não faz mal. Ele foi desenvolvido com o intuito complementar situações específicas da dieta de cada pessoa, solucionando de maneira rápida dietas desequilibradas.

O problema ocorre na utilização inadequada destes produtos, que surgem da desinformação e da ideia de que todo corpo deve reagir da mesma forma a um determinado tipo de suplemento. Esta é uma prática perigosa para a saúde, que desvirtua completamente a propósito para o qual cada suplemento é desenvolvido, que é fortalecer a saúde das pessoas.

Segurança e riscos

Muitos suplementos possuem ingredientes ativos que podem ter efeitos fortes no corpo humano, sejam eles intencionais ou não. Por isso, é importante estar alerta para a possibilidade de efeitos colaterais inesperados em relação a qualquer produto consumido.

Assim como qualquer outro produto, o suplemento faz mal quando o consumidor o utiliza de maneira incorreta – seja por falta de orientação ou por uso irresponsável.

Além disso, alguns suplementos nutritivos podem interagir com medicamentos de maneira inadequada para o corpo, causando sérios riscos para a saúde. Neste caso, o suplemento faz mal em combinação com outros produtos – o que torna essencial que tanto o nutricionista quanto o médico de uma pessoa saibam quais remédios e suplementos ela toma.

Excessos imperceptíveis

Um aspecto importante que deve ser levado em conta é o fato de que muitos dos componentes nutritivos consumidos em suplementos já são adicionados em produtos alimentares comuns.

Se você não levar em consideração o consumo deles, é possível que esteja ingerindo uma quantidade excessiva de determinados nutrientes, que além de não serem totalmente aproveitados pelo corpo (desperdiçando o suplemento ingerido), ainda podem causar uma série de efeitos colaterais.

Estes efeitos podem ir desde sintomas leves, até danos muito graves ao fígado, que podem ser percebidos apenas quando a situação tiver se tomado proporções muito ruins para o corpo. Situações especiais, como pré-operatórios, pós operatórios, gravidez e amamentação também devem ter o acompanhamento médico, pois os suplementos que não são específicos para estas situações raramente são testados para estas pessoas.

tomar-suplementos

A importância do acompanhamento profissional

A ideia de que suplemento faz mal pode ser absurda, se você considerar que eles foram feitos exatamente para suprir déficits alimentares do corpo humano. O que faz mal, na prática, é o consumo irresponsável destes componentes, que geralmente ocorrem na falta de acompanhamento profissional.

Você só deve consumir suplementos indicados por profissionais especificamente para você. Além disso, todos os profissionais envolvidos com sua saúde devem saber quais os tipos de suplemento que você consome regularmente, da mesma forma como você diria quais os medicamentos que utiliza.

Dicas e cuidados

suplementação

Nunca decida tomar suplementos sem o auxílio profissional de alguém competente. Não tente enganar seu nutricionista ou seu médico para poder continuar ou começar a tomar determinado suplemento. É importante que você diga todas as informações necessárias sobre o seu estado de saúde e os remédios que utiliza.

Não se deixe enganar por publicidade e termos que pareçam inofensivos. Não é porque a embalagem de um suplemento diz que ele é “natural” que ele não vá ter efeitos em sua saúde.

Recomendados Para Você:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *