Supino inclinado: Como fazer o exercício corretamente

O supino é um dos exercícios mais populares nas academias. Isso acontece porque ele é um grande medidor de força, assim como treina o peito, uma das partes mais importantes de um corpo definido, e uma das mais difíceis de treinar.

Supino inclinado

Supino inclinado

Entre esses exercícios para treinar o peito, o mais comum é o supino reto, mas realizar só ele não é o bastante para aproveitar ao máximo os seus músculos. Existem alguns outros exercícios que são igualmente importantes e que você deve realizar para atingir o corpo ideal. Entre eles, está uma variação do supino: o supino inclinado. Para fazer o supino inclinado render mais, você precisa realizar ele da forma correta, por isso aqui estão algumas dicas.

Execução correta do supino inclinado

Para realizar o supino inclinado você deve sentar no banco do supino com o apoio para as costas inclinado, como você deve imaginar. Na execução correta do exercício, você deve pegar na barra com as palmas das mãos viradas para cima, e com as mãos em uma distância igual a largura dos seus ombros.

O movimento do supino inclinado, então, deve ocorrer da seguinte maneira: depois de pegar a barra, baixe ela lentamente até que toque a parte superior do seu peito. Agora, com toda força, empurre a barra para cima, até os seus braços ficarem bem esticados. Depois, desça a barra até a posição inicial, e repita o movimento no número de séries e repetições adequados para você.

Os músculos trabalhados pelo supino inclinado

Como a maioria dos exercícios, o supino inclinado também trabalha músculos primários e secundários na sua realização. Os músculos primários, que são aqueles mais trabalhados e que recebem o foco total do exercício, são os músculos do peitoral maior superior. Enquanto isso, os músculos secundários, que são trabalhados como consequência do esforço realizado, são os músculos da deltoide anterior, ou seja, os músculos da frente dos ombros, e também os tríceps.

Influências da inclinação nos resultados

No supino inclinado, quem comanda os resultados é a inclinação do banco em que você faz o exercício. Quanto mais elevado for o encosto do banco, mais diferente será a trajetória do supino inclinado. A regra é: quanto mais elevado estiver o banco, maior será o enfoque nas áreas do peitoral superior.

Na inclinação de 30 a 45 graus, você terá um trabalho perfeito dos músculos do peitoral, esforçando-se para desenvolvê-los bem. Já em inclinações maiores, como de 60 graus, por exemplo, o enfoque e esforço será muito maior nos músculos dos ombros do que no peitoral.

A importância da distância entre as mãos

Igualmente importante à inclinação do banco, a distância entre as mãos também altera os músculos que são trabalhados no exercício. Se a distância entre as mãos for maior ou igual à largura dos ombros, o enfoque estará completamente nos músculos do peitoral.

Já se você preferir uma pegada mais fechada na barra, irá fazer com que os músculos do tríceps sejam mais trabalhados durante o supino inclinado.

Amplitude do movimento e os músculos trabalhados

Por fim, existe uma última influência nos músculos trabalhados: a da amplitude do movimento. Quando estiver descendo a barra, faça questão de levá-la até a posição inicial, dobrando bem os cotovelos.

Se a amplitude do movimento for menor, os tríceps não serão bem trabalhados como músculos secundários, deixando os benefícios exclusivamente para os músculos do peitoral.

Recomendados Para Você:

teste