Sintomas da Testosterona Baixa

A testosterona é um hormônio muito importante para a saúde do homem, sendo responsável pelo bom funcionamento do organismo, trazendo assim uma série de benefícios ao corpo e a mente. É responsável pela força, produção e qualidade dos espermatozoides, pela saúde sexual e o ganho de massa muscular, geralmente sendo associada a virilidade e força bruta. No entanto, a deficiência do hormônio traz uma grande variedade de sintomas que diminuem a qualidade de vida da pessoa. E o pior: muita gente pode estar sofrendo com testosterona baixa e nem faz ideia da origem de seus problemas.

Baixa Testosterona Infográfico

A medida que nós, homens, chegamos na casa dos trinta anos, inicia-se uma verdadeira corrida contra o tempo: a medida que vamos envelhecendo, perdemos cerca de 0,8% de testosterona por ano até o ponto em que, pela falta do hormônio, começamos a apresentar alguns sintomas indesejados, indicando que algo de errado está acontecendo com nosso organismo.

Não só o envelhecimento é responsável pela testosterona baixa, existindo uma série de condições e enfermidades que também reduzem os níveis do hormônio, tais como: câncer, infecções, problemas na tireoide, efeitos colaterais de medicamentos e tratamentos, hipogonadismo e uma série outros elementos que podem influenciar, negativamente, na produção natural da testosterona.

Quais são os sintomas de quem está com os níveis do hormônio abaixo do normal?

sintomas-testosterona-baixa

Um dos grandes problemas em se identificar que algo de errado está acontecendo é o fato de que os sintomas de baixa testosterona podem ser confundidos com uma série de outras enfermidades. Entretanto, caso você ou alguém conhecido esteja com alguns dos sintomas descritos abaixo, é indicado uma consulta com médico – preferencialmente um endocrinologista, profissional especialista em tratamento de doenças hormonais.

  • Fadiga extrema;
  • Perda de massa muscular;
  • Perda de massa óssea;
  • Perda ou diminuição considerável da libido;
  • Aumento das chances de quebrar algum osso;
  • Depressão e isolamento;
  • Infertilidade e impotência;

Caso a pessoa apresentar um ou vários desses sintomas, é bastante provável que ela esteja com os níveis de testosterona baixos. Agende uma consulta e converse com seu médico o mais rápido possível a respeito de sua saúde. O profissional possivelmente passará um exame para medir os níveis de testosterona e caso, de fato, eles estiverem abaixo do normal, o médico então iniciará uma busca para saber a origem do problema.

Aumentando os níveis de testosterona naturalmente com exercícios e hábitos saudáveis

Se por um lado o tempo é inimigo do homem se tratando dos níveis de testosterona, há métodos onde é possível aumentar a produção do hormônio no organismo de forma natural e totalmente saudável, dando uma segurada no declínio natural que passamos a sofrer. Uma delas é a prática de exercícios físicos de média a alta intensidade. Na academia, por exemplo, quanto mais força empregamos para realizar um exercício, o nosso corpo passa a produzir mais quantidade do hormônio. Outra maneira de aumentar o nível de testosterona é realizar uma simples corrida diária de 30 minutos.

E se você fizer uma combinação de exercícios físicos mais uma alimentação saudável, com carne vermelha, vegetais e frutas frescas, alho, enfim, variando bastante, além de jogar seu nível hormonal lá em cima, você ainda desfrutará de uma saúde de ferro, com seu organismo funcionando a todo vapor. Aumentando assim seu bem-estar e qualidade de vida.

Recomendados Para Você:

teste