Razor part: conheça o novo sucesso vintage

Cortes vintage sempre retornam à tona com leves revisões e adaptações à seu tempo. O razor part, ao que tudo indica, veio para ocupar o lugar até então totalmente ocupado pelo undercut, na categoria dos vintage asseados.

Como o próprio nome razor part indica, este estilo é determinado por um cabelo bastante repartido, marcado com detalhes de navalha na repartição. Em outras palavra, a linha da repartição é marcada com navalha, fazendo uma linha reta, de grossura variada, que acompanha valoriza a divisão natural do cabelo.

Saiba mais sobre este novo antigo sucesso das barbearias:

razorpart

O renascimento de um clássico

Assim como boa parte dos visuais mais asseados da atualidade, o razor part não é nada inovador. Na verdade, sua utilização é muito comum entre as décadas de trinta e quarenta. No período, este era o corte de muitos dos atores mais famosos do mundo, com a distinta linha divisória marcada pela navalha.

Seu renascimento iniciou-se em torno de 2010, junto ao movimento das barbearias vintage. O que iniciou-se como o movimento hipster de retomada de um estilo antigo com toques contemporâneos rapidamente popularizou-se para diversos estilos. Pode-se destacar o undercut como o principal estandarte da retomada vintage, que logo deu espaço para o razor part.

A execução deste corte está diretamente atrelada ao movimento de retomada das barbearias. A utilização precisa da navalha é essencial, e trata-se de uma das assinaturas do movimento.

Para quais tipos de cabelo o razor part é indicado?

Para quem acha que um corte vintage pode ter pré-requisitos exagerados, a prática pode ser uma surpresa. Praticamente qualquer tipo de cabelo pode beneficiar-se do razor part. O motivo é simples – sua boa execução depende apenas da capacidade do barbeiro de demarcar a área divisória.

Não importa quão liso ou crespo for o cabelo em sua parte superior, basta que a área correta esteja demarcada. Em alguns casos, pode-se utilizar a porção superior mais solta ou armada, enquanto em outros, um gel de alta fixação pode dar o efeito mais bacana. Qualquer tipo de fio tem seu espaço neste corte!

Em casa ou na barbearia?

razor-crespo

É bem verdade que muitas pessoas gostam de desenvolver seu próprio corte, no melhor estilo Do It Yourself. Em geral, a estratégia funciona bem, pois ninguém conhece tão bem nosso cabelo quanto nós mesmos.

No razor part, no entanto, o segredo está na técnica e nos detalhes. Com a perspectiva caseira da própria cabeça, será muito difícil executar o corte corretamente. O mais provável é que você termine a tentativa com uma linha torta na partição e uma série de pequenos cortes!

Para este estilo, dê preferência a uma boa barbearia e abra mão do orgulho. Talvez no próximo corte você consiga resolver tudo sozinho!

Como manter o Razor part?

A manutenção do corte não é difícil. Basta sempre utilizar o cabelo bem dividido, de acordo com a demarcação feita pela lâmina. Além disso, recomenda-se buscar um visual mais molhado e brilhoso, que passa a impressão típica de um estilo vintage.

Outro fator importante é a frequência do corte de manutenção. Sempre que você enxergar os fios no local demarcado com a navalha, é hora de voltar à barbearia para um retoque. Neste caso, você pode conversar com o barbeiro para definir como será feita a manutenção do visual enquanto for utilizar o mesmo corte.

Dê preferências para gel o pomada de alta fixação para manter o visual o mais próximo possível de seu aspecto original. Se preferir mudar um pouco, ou se seu cabelo for difícil de modelar, você pode garantir um pouco mais de volume e personalidade ao deixá-lo mais solto.

Veja também:

Recomendados Para Você:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *