Piores Marcas de Whey: os reprovados no teste da Anvisa

Antes de ler esse artigo, tenho uma pergunta para você: Você tem interesse em demorar muito mais na cama? Quer saber o segredo dos atores pornô e deixar sua mulher LOUCA DE TESÃO? Clique aqui e assista ao vídeo.

A popularização do whey protein gerou uma expansão extremamente rápida no mercado nacional do produto. Marcas importadas e nacionais espalharam-se rapidamente em busca de espaço em um mercado ávido por produtos que auxiliassem no ganho de massa muscular.

A expansão tão rápida logo levantou suspeitas a respeito da veracidade das informações contidas nas embalagens, assim como a respeito da eficiência dos produtos. Diversos testes foram realizados para identificar as piores marcas de whey do mercado, obrigando-as a regularizar a situação.

Periodicamente, listas e mais listas a respeito das piores marcas de whey protein são divulgadas para alertar os consumidores a respeito da qualidade dos produtos. Uma das pesquisas mais recentes e respeitadas foi recentemente divulgada pela Anvisa.

Nela, 15 marcas foram testadas, incluindo fabricantes nacionais e importados. Das quinze, apenas uma marca foi aprovada em todos os critérios avaliados. Isso deve alertar a todos que as piores marcas de whey são, na verdade, a grande maioria. Entenda como ocorreu este teste, e qual a avaliação final das marcas:

emy-56447-5

Como ocorreu o teste?

O teste foi realizado com um total de quinze marcas de Whey, testadas em seis critérios. As marcas testadas foram:

  • EAS 100%;
  • Body Action;
  • Pró-Profissional Line;
  • Integral Médica;
  • STN – Steel Nutrition;
  • Solaris;
  • Voxx;
  • DynamicLab;
  • Maxx Titanium;
  • DNA;
  • Universal;
  • Met-Rx Shaping Every Body;
  • Sportpharma;
  • New Millen Suplementos;
  • Natures’s Best;

Os critérios avaliados a respeito de cada uma destas marcas foram: quantidade de proteínas, teor de proteínas, teor de carboidratos, origem proteica, substâncias não declaradas e rotulagem.

Critérios

Confira quais foram as marcas reprovadas em cada um dos critérios utilizados:

Quantidade de proteínas

Este critério define quais proteínas e sua quantidade dentro do suplemento. É importante considerar que a quantidade de proteínas não significa o mesmo do que um teste de concentração de proteínas no produto, que é um critério à parte.

Neste primeiro critério, todas as quinze marcas foram aprovadas – o que não acontecerá novamente em nenhum dos testes.

Teor de proteínas

Este teste é o que, de fato, identifica a concentração proteica no suplemento. As piores marcas de whey podem informar falsamente até mesmo quanta proteína você consumirá. Recomenda-se evitar quem realiza este tipo de adulteração.

Neste critério, apenas duas das quinze marcas foram reprovadas: Solaris e Voxx.

Teor de carboidratos

O teor de carboidratos compara a concentração deste tipo de nutriente que está presente no produto em relação ao que é informado na embalagem. Em uma suplementação proteica, apenas um certo nível de carboidratos é benéfico. Quanto maior a concentração deste tipo de substância, menos eficiente o produto é na relação proteínas-calorias.

Este critério está empatado com a rotulagem como o que gerou mais reprovações, no teste. As marcas reprovadas foram:

  • EAS 100%;
  • Pró-Profissional Line;
  • Integral Médica;
  • STN – Steel Nutrition;
  • Solaris;
  • Voxx;
  • DynamicLab;
  • Universal;
  • Sportpharma;
  • New Millen Suplementos;
  • Natures’s Best;

Origem proteica

Como o próprio nome indica, este critério avalia a fonte de onde vem a proteína. Em teoria, todo Whey deve vir de um único tipo de fonte.

Neste critério, todas as marcas foram aprovadas, menos a DNA – única entre as quinze a reprovar na avaliação de origem.

Substâncias não declaradas

O quinto critério avalia a presença anormal de substâncias não declaradas na composição do produto. Um terço dos produtos reprovaram neste critério, o que indica falta de eficiência no controle da produção do suplemento. As marcas reprovadas neste critério foram:

  • EAS 100%;
  • Pró-Profissional Line;
  • STN – Steel Nutrition;
  • Maxx Titanium;
  • Sportpharma;

Rotulagem

O último critério avalia a adequação da rotulagem do produto em relação às normas da Anvisa. Nesta avaliação, apenas quatro marcas foram aprovadas. As que não passaram no teste, foram:

  • EAS 100%;
  • Body Action;
  • Integral Médica;
  • STN – Steel Nutrition;
  • DynamicLab;
  • Maxx Titanium;
  • DNA;
  • Universal;
  • Sportpharma;
  • New Millen Suplementos;
  • Natures’s Best;

Resultados finais

Para definir as piores marcas de Whey Protein de acordo com este teste, reunimos as marcas com maior quantidade de reprovação nos testes. Há, no total, três marcas com três reprovações entre os seis critérios avaliados.

Estas marcas são Sportpharma, STN – Steel Nutrition e EAS 100%. As marcas foram notificadas e devem realizar adequações em seu processo para estarem novamente regulares.

A única marca aprovada no teste em todos os critérios foi a Met-Rx Shaping Every Body.

Veja também:

Recomendados Para Você:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *