Leg Press: Como fazer corretamente e com segurança

Antes de ler esse artigo, tenho uma pergunta para você: Você tem interesse em demorar muito mais na cama? Quer saber o segredo dos atores pornô e deixar sua mulher LOUCA DE TESÃO? Clique aqui e assista ao vídeo.

Quem frequenta a academia sabe que um dos exercícios mais intensos que você encontra lá é o leg press. Desde a maneira como o corpo fica posicionado, até a quantidade de músculos envolvidos no exercício, ele exige muito do nosso corpo, mas faz muito bem para a musculatura das pernas.

Leg Press

Não precisa nem dizer como esse exercício é importante para quem quer ter um corpo mais forte e definido. Além de saber como aproveitar melhor o leg press, é preciso também garantir que você está praticando ele de forma segura, sem danificar o seu corpo no processo. Por isso, vamos entender um pouco melhor sobre o leg press a seguir.

Leg press linear e angular

Para começar, é preciso saber que existem dois tipos de leg press: o leg press linear e o leg press angular. Cada um dos tipos irá trabalhar músculos diferentes, portando entender os efeitos de cada tipo de leg press é o primeiro passo para atingir os objetivos na academia.

O primeiro tipo de leg press é o mais comum, conhecido como leg press linear. Ele recebe esse nome porque, quando realizado, não existe variação no ângulo do movimento durante a descarga do peso. No leg press linear, os pés estão localizados na parte inferior da plataforma, e os músculos mais trabalhados são os quadríceps.

O leg press angular pode ter duas variações. A primeira é com os pés na parte superior da plataforma, que é utilizado quando você quer trabalhar os glúteos. A última variação é quando a distância entre os pés é maior do que a largura dos ombros. Nesse caso, a parte interna das coxas é mais trabalhada durante o exercício.

Como usar o leg press de forma correta

Não importa em qual ângulo você vai trabalhar no leg press, existem alguns cuidados que sempre devemos ter em mente ao utilizar o aparelho. O abdômen, pro exemplo, deve ficar contraído ao longo de toda a execução do exercício. Outros cuidados envolvem manter os ombros apoiados na superfície de encosto do aparelho, e os pés adequadamente posicionados com o tipo de leg press que você deseja praticar.

Enquanto você realiza o exercício, o seu quadril e a coluna devem permanecer encostados no apoio do aparelho. Essa posição é bastante básica e permite um equilíbrio entre os músculos trabalhados pelo leg press. Se você preferir e tiver flexibilidade o bastante para isso, aumentar a amplitude do exercício irá trabalhar melhor os glúteos, desde que o seu quadril permaneça encostado no apoio.

Utilize o leg press com segurança!

Muitas pessoas acreditam que o apoio para as costas no aparelho é o suficiente para proteger a coluna contra sérios danos de impacto ou esforço. Mas essa crença está errada.

Tanto por mau uso, ou por excesso de peso, pode haver certa sobrecarga no corpo e a região da coluna pode ser seriamente machucada por isso. Portando, deve-se sempre usar o leg press com responsabilidade, respeitando os limites do seu próprio corpo, e dando atenção ao uso correto do aparelho.

Recomendados Para Você:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *