7 erros alimentares que atrapalham o ganho de massa muscular

Antes de ler esse artigo, tenho uma pergunta para você: Você tem interesse em demorar muito mais na cama? Quer saber o segredo dos atores pornô e deixar sua mulher LOUCA DE TESÃO? Clique aqui e assista ao vídeo.

Que homem não quer ter um corpo com músculos fortes e bem definidos? Hoje em dia, onde o império da beleza e da boa saúde é quem dita as regras, encarar uma academia e treinar pesado todos os dias para ganhar um abdômen travado e braços fortes é o primeiro passo para conseguir o objetivo, mas pode não ser o suficiente para conquistar o sonho do corpo perfeito.

Por isso, além de ir malhar religiosamente, você também terá que aderir uma alimentação saudável, rica em nutrientes essenciais, para estimular os músculos antes e depois dos treinos e fazer com que eles cresçam mais rápido.

Afinal, de nada adianta só puxar ferro! Tem que ter compor bem o prato para ajudar na formação de massa muscular.

Quer saber por que os seus músculos podem não estar crescendo como você queria? Fique de olho nos seguintes deslizes que podem prejudicar a sua hipertrofia muscular:

Infográfico: Erros alimentares que atrapalham o ganho de massa muscular

Erro 1: Ingerir muita proteína e pouco carboidrato

Este é um dos erros mais comuns na alimentação de quem quer ganhar massa magra de forma rápida, principalmente entre iniciantes. Ao cortar os carboidratos da dieta, a quantidade de proteínas que você consome pode não ser bem aproveitada, uma vez que, na falta deste primeiro, que é a maior fonte energética do corpo, o organismo irá buscar nas proteínas esse papel, atrapalhando a sua absorção e, portanto, o ganho de músculos.

Além disso, a quantidade exagerada de alimentos protéicos na dieta também deve ser respeitada, seguindo sempre o limite de 2 gramas por quilo de peso ao dia. Ao ultrapassá-lo, você pode estar arriscando a sua saúde, podendo desenvolver uma sobrecarga renal e perda óssea.

Erro 2: Pensar na quantidade de calorias e não na qualidade

É claro que a quantidade de calorias que você consome é importante para emagrecer e conquistar o corpo perfeito, mas a qualidade influencia ainda mais nesta tarefa. Por isso, de nada adianta ingerir apenas proteínas e esquecer dos carboidratos, por serem mais calóricos. Isso porque, ainda assim, eles são essenciais para o desenvolvimento muscular, já que são esses nutrientes que oferecem energia aos músculos na hora de treinar.

Por isso, atente-se para que todos os alimentos da pirâmide alimentar estejam presentes na sua dieta, desde proteínas, carboidratos, fibras, gorduras, entre outros, que, mesmo sendo mais calóricos, possuem nutrientes de alta qualidade.

Erro 3: Pular refeições

Todas as refeições são importantes para o ganho de massa muscular, sem exceção. Principalmente para o praticante de atividade física e que queira ganhar massa muscular de forma mais rápida, elas devem estar em uma ótima quantidade durante o dia, respeitando sempre o intervalo de, no mínimo, 3 em 3 horas.

Até porque, para que a massa muscular seja desenvolvida, é preciso que o organismo esteja sempre com disponibilidade de nutrientes para suprir as necessidades dos músculos, tanto para gastar energia quanto para repô-la.

Erro 4: Não comer no pré-treino e no pós-treino

Comer alimentos de alto e baixo índice glicêmico, como carboidratos, nesses dois períodos é ideal para favorecer a hipertrofia muscular e, ainda, para melhorar o desempenho durante os treinos. Isso porque esses alimentos oferecem um excelente aporte energético, aumentando os níveis de glicose sanguínea durante as atividades físicas e evitando a fadiga.

Neste caso, a dica é optar pelos carboidratos de baixo índice glicêmico antes do treino e os de alto índice glicêmico, acompanhados de proteínas, após o treino, que ajudarão na reposição de energia e na formação dos músculos.

Erro 5: Cortar as gorduras da dieta

Quem achou que as gorduras devem ser totalmente eliminadas da alimentação para ganhar músculos mais rápido, errou feio. É claro que não estamos falando das gorduras ruins, presentes em frituras e doces, mas das chamadas gorduras boas, que são as poliinsaturadas e monoinsaturadas, que são responsáveis por fornecerem energia e saciedade ao corpo.

Afinal, para a hipertrofia muscular e para que o organismo funcione adequadamente, é preciso que a sua alimentação tenha até 30% das calorias provenientes de gorduras, de acordo com uma pesquisa da American Heart Association. Portanto, fique de olho!

Erro 6: Apostar apenas no suplemento alimentar

Nunca se deve pensar que apenas o suplemento alimentar vai te ajudar a conseguir músculos fortes e bem definidos de forma rápida. O produto deve ser apenas um aliado da dieta e o seu consumo precisa estar equilibrado com a quantidade de nutrientes presentes nos alimentos.

Além disso, exagerar na dosagem dos suplementos pode causar a sobrecarga dos rins e a perda óssea, devido ao alto consumo de proteínas, principal ingrediente desses produtos. Atente-se para que os carboidratos estejam presentes em uma boa quantidade na alimentação para evitar esse tipo de problemas com os suplementos alimentares, já que eles evitam que os músculos utilizem a energia das proteínas para malhar.

Erro 7: Consumir bebidas alcoólicas

Ingerir bebidas alcoólicas e querer ganhar massa muscular são duas situações que não combinam em nada uma com a outra, já que têm efeitos bem opostos no corpo. Muitos homens não sabem, mas o álcool é capaz de causar desidratação, sobrecarregar os rins, o fígado e o cérebro, afeta a força e o equilíbrio, além de diminuir a reserva de glicogênio hepático no organismo, considerada essencial para a formação dos músculos.

O resultado do seu consumo – principalmente, em excesso – é a diminuição do rendimento durante os treinos, o que consequentemente afeta o ganho de massa muscular.

Recomendados Para Você:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *