Endomorfo: características e dicas para este tipo físico

Antes de ler esse artigo, tenho uma pergunta para você: Você tem interesse em demorar muito mais na cama? Quer saber o segredo dos atores pornô e deixar sua mulher LOUCA DE TESÃO? Clique aqui e assista ao vídeo.

Aquilo que conhecemos como um corpo endomorfo nada mais é do que um dos três perfis principais de características físicas gerais, como organização da gordura, da musculatura e das proporções de medidas.

Além dos endomorfos, há os ectomorfos – reconhecidos pelo aspecto de magreza e linhas finas, com pouca gordura e musculatura aparentes – e os mesomorfos, geralmente mais musculosos e com traços fortes, sem grande quantidade de gordura acumulada.

O corpo endomorfo, por sua vez, é aquele geralmente associado ao tipo físico mais gordinho, com facilidade de ganhar peso e dificuldade de perdê-lo. São pessoas com mais curvas em sua silhueta e, não raras vezes, são reconhecidas como aquelas que possuem “tendência natural para engordar”.

Se você se reconhece nessa frase, possivelmente possui um corpo deste tipo. Isso não quer dizer que você esteja fadado a acumular gordura – basta entender o seu corpo, suas características e cuidados especiais. Entenda cada um destes aspectos, e saiba como amenizar as dificuldades e aproveitar os potenciais de ter um corpo endomorfo:

Características típicas dos endomorfos

Endomorfos são naturalmente mais fofinhos, com traços mais arrendados e curvas mais salientes. Em mulheres, por exemplo, corpos endomorfos favorecem as curvas mais ressaltadas.

Sua estrutura óssea também costuma ser um pouco mais larga que a da maioria das pessoas, e a facilidade de acúmulo de gordura no corpo é grande. Além disso, há um típico aspecto de tendência de acumular gordura nos membros e sob a pele.

Em geral, suas musculatura não é destacada, mesmo para aquelas pessoas que possuem uma sólida estrutura muscular. Para este público, é comum que o acúmulo de gordura dificulte no processo de definição muscular, a despeito de o volume ser grande.

O metabolismo endomorfo

Se você é um endomorfo, possivelmente passou boa parte de sua vida lutando contra a balança. Normalmente, a característica é observada desde criança, e o início de uma vida mais sedentária costuma ser o gatilho para a engorda, que acaba virando uma preocupação constante na vida adulta.

É importante saber que o seu metabolismo não é exatamente acelerado. Seu corpo queima gordura de forma mais lenta, o que acelera o processo de acúmulo e estocagem de energia. Além disso, seu corpo é normalmente muito eficiente em absorver energia.

Por outro lado, uma vantagem dos corpos endomorfos é a facilidade de ganhar músculos, além da facilidade de dormir e da capacidade de dormir menos do que a maioria das pessoas.

Como lidar com um corpo endomorfo?

De um ponto de vista evolutivo, ser um endomorfo significa que você é do tipo físico mais adaptado para a sobrevivência. Em tempos nos quais a comida era escassa e a dificuldade de obter energia era alta, acumular gordura e gastar pouca era uma forma de sobreviver. Além disso, a estrutura maior e a facilidade de desenvolver músculos tornavam estes corpos muito resistentes.

Nos tempos atuais, no entanto, isso significa que toda a capacidade de guardar muito e gastar pouco pode sofrer com a abundância ofertada. Para lidar com isso, você inevitavelmente precisará fazer atividades mais intensas do que outras pessoas, além de precisar fugir dos exageros.

O açúcar refinado, por exemplo, deverá ser encarado como um inimigo. Ele será absorvido de maneira muito fácil, tornando-se um excelente estoque de energia, potencialmente convertido em gordura.

Dê preferência para esportes intensos, que exijam força e resistência: seu corpo foi desenvolvido para triunfar neste tipo de situação, e essa será a melhor forma de evitar que a abundância alimentar atual torne-se uma inimiga.

Do ponto de vista da persistência psicológica, o segredo é evitar comparações. Frente a uma pessoa mesomórfica ou – ainda pior – ectomórfica, você sempre terá mais facilidade para engordar, mesmo que coma as mesmas coisas e tenha um estilo de vida distinto. É necessário aprender a lidar com seu próprio corpo, aproveitando-se do grande potencial físico de intensidade.

Recomendados Para Você:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *