Ejaculação retardada: causas e tratamento

Antes de ler esse artigo, tenho uma pergunta para você: Você tem interesse em demorar muito mais na cama? Quer saber o segredo dos atores pornô e deixar sua mulher LOUCA DE TESÃO? Clique aqui e assista ao vídeo.

Ejaculação retardada

A ejaculação retardada é a condição na qual o homem leva um período muio longo de estímulos sexuais para que possa alcançar o orgasmo e liberar sêmen. Muitos homens que sofrem da ejaculação retardada acabam sendo incapazes de ejacular na maioria de suas relações.

O problema pode ocorrer de maneira temporária ou ao longo de sua vida. Há causas variadas que podem ativar o problema, e conhece-las é importante para determinar o tratamento correto.

A ejaculação retardada é uma condição a ser investigada quando ocorre recorrentemente e atrapalha a vida sexual. Sua ocorrência eventual é normal, e não deve ser motivo para preocupações.

Saiba mais sobre os sintomas, causas e tratamentos da ejaculação retardada:

Sintomas

Em geral, os sintomas da ejaculação retardada são definidos pelo tempo de dificuldade do homem para conseguir liberar sêmen. Quem sofre do problema pode levar mais de 30 minutos de estímulo para ejacular, ou simplesmente não conseguir concluir seu orgasmos.

Não há, no entanto, um tempo definido que diagnostica a demora para a ejaculação como um sintoma específico. O sintoma a ser observado é quando há frustração e preocupação com a demora recorrente para ejacular.

Deve-se observar, também, se há irritação, fadiga pela atividade sexual incompleta ou perdas de ereção por frustração. Por isso, pode-se considerar a existência dos sintomas da ejaculação retardada como uma condição clínica apenas quando há a demora para o orgasmo somada a reações negativas do homem em relação a isso.

Causas da ejaculação retardada

Como já mencionado, pode-se atribuir diversas causas à condição. Ela pode resultar de problemas de saúde, cirurgias ou medicações. Também pode-se atribuir a dificuldade ao abuso de substâncias ou problemas psicológicos, como depressão, ansiedade ou estresse. Em muito casos, o problema ocorre pela soma de fatores psicológicos e físicos.

Entre as principais causas físicas para a ejaculação retardada, destacam-se:

  • Defeitos de nascença relacionados ao sistema reprodutivo masculino;
  • Lesões nos nervos pélvicos, responsáveis pelo controle do pênis;
  • Infecções, especialmente no trato urinário;
  • Cirurgias na próstata;
  • Doenças neurológicas, derrames ou lesões diretas ao sistema nervoso;
  • Condições hormonais, como hipotireoidismo ou falta de testosterona;
  • Ejaculação retrógrada (condição na qual o esperma é produzido, mas não é expelido e é movimentado na direção contrária à uretra);

Além disso, há causas psicológicas relacionadas ao problema, que costumam envolver:

  • Depressão, ansiedade ou condições que afetem a saúde mental;
  • Problemas de relacionamento que afetem a vida sexual;
  • Ansiedade sobre a performance sexual;
  • Dificuldades de lidar com a própria imagem corporal;
  • Tabus culturais ou religiosos;
  • Diferenças (ou frustrações) entre a realidade sexual e as fantasias constantemente alimentadas;

Há, ainda, as causas relacionadas a medicações e substâncias variadas. Em geral, o abuso de álcool, o uso de antidepressivos e de medicações contra pressão alta ou convulsões, são considerados os principais gatilhos químicos para a condição.

Tratamentos da ejaculação retardada

Como pode ser causada por uma série de causas diferentes, o tratamento da condição depende da solução da causa relacionada ao problema. Isso pode incluir a utilização de medicamentos, tratamento psicológico ou a recuperação do abuso de substâncias. Tudo depende da causa da ejaculação retardada.

Não há nenhum medicamento especificamente utilizado para o tratamento de ejaculação retardada. Os remédios utilizados são primariamente desenvolvidos para o tratamento de outras condições, especialmente as condições que são causa do problema – quando ele possui origens fisiológicas.

O tratamento psicológico é necessário quando as causas do problema não são físicas. Neste caso, é necessário entender qual é a condição psicológica que leva ao problema e tratar esta causa de forma conjunta à dificuldade de ejaculação. Em situações como estas, a ejaculação retardada costuma ser apenas um dos efeitos da condição psicológica delicada delicada, e o tratamento adequado gera diversos benefícios para a vida do paciente.

Recomendados Para Você:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *