Anabolizantes: conheça seus riscos e efeitos colaterais

Feitos para imitar a função que a testosterona tem em nosso corpo, os anabolizantes são esteroides androgênicos anabólicos, ou mais resumidamente, hormônios sintéticos que imitam o hormônio testosterona.

Muitos acreditam que a testosterona é um hormônio masculino, porém, ela também está presente no organismo feminino, ainda que em quantidades consideravelmente menores.

Ainda assim, os anabolizantes costumam ser bastante utilizados pelo público feminino que sofre bastante com seus efeitos colaterais, principalmente relacionados a “masculinização”.

Os anabolizantes foram criados principalmente para os fisiculturistas ou para aqueles que desejam possuir um corpo forte, com muitos músculos. Ainda utilizados por atletas, os anabolizantes são proibidos para uso estético e são responsáveis por muitos casos de doping. Geralmente eles usam no formato injetável.

Ainda que os efeitos colaterais sejam sempre enormes e que seja muito difícil que um anabolizante traga a uma pessoa mais benefícios do que malefícios, eles são muito populares por oferecerem uma alternativa para conquistar resultados mais fáceis e rápidos.

Consumir essas substancias exageradamente pode trazer muitos problemas, e a “solução” encontrada para isso por seus usuários foi intercalar os ciclos de anabolizantes diferentes com períodos de descanso, porém, ainda sim o uso é muito excessivo e pode causar um efeito muito perigoso chamado “feedback negativo”.

O feedback negativo nada mais é do que a resposta que o corpo dá a esse estimulo de substancias estranhas que entram no corpo, causando efeitos em células, onde ocorre a diminuição da produção de hormônios que eram antes produzidos naturalmente pelo corpo. O organismo dessa maneira, entende que o hormônio sintético que agora ele contém é mais do que suficiente, então ele passa a produzir níveis muito baixos desses hormônios.

Os efeitos colaterais em mulheres

mulher-que-usou-anabolizante

Os principais efeitos colaterais em mulheres estão relacionados a androgenização ou masculinização, onde ocorre o engrossamento da voz, aumento de pelos no rosto e pelo resto do corpo, aumento de oleosidade na pele e de secreção sebácea, acne, redução das mamas, infertilidade, interrupção da menstruação, além dos maiores riscos de desenvolver tumores, diabetes e lesões permanentes no fígado, onde a necessidade de cirurgia pode ser muito elevada.

Os efeitos colaterais em adolescentes

Adolescentes que estão deslumbrados com a possibilidade de desenvolver um corpo musculoso e acabam por utilizar anabolizantes podem ser ainda mais afetados do que adultos, uma vez que o uso dessas substancias comprometerá o curso natural de seu crescimento, de sua formação óssea e até mesmo de seus desenvolvimento sexual.

Em adolescentes, os efeitos colaterais podem ser ainda mais fortes, e pode ocorrer o aparecimento de câncer e lesões no organismo que poderão ser carregadas pelo resto de suas vidas.

Os efeitos colaterais em homens

Os principais efeitos colaterais dos anabolizantes em homens estão relacionados a atrofia dos testículos que pode levar a impotência sexual, aumento da retenção de líquidos, aumento da retenção de sódio, aumento da pressão arterial, calvície, lesões no fígado, aparecimento de tumores na forma de câncer, diabetes, esterilidade, entre outros.

Onde alguns desses efeitos podem ser irreversíveis e muitas vezes chegam ao nível onde o usuário precisa de uma cirurgia ás pressas.

É claro que quanto maior o uso de anabolizantes, maiores os riscos e efeito colaterais relacionados a eles. E o que tem assustado muitos médicos e especialistas é que ainda que os efeitos colaterais possam ser desastrosos, o número de usuários de anabolizantes tem crescido em muitas faixas etárias, entre mulheres, homens e adolescentes.

A busca pelo corpo que eles julgam perfeito tem saído do controle e no final, todo esse risco com certeza não irá valer a pena.

Os efeitos colaterais para o uso indiscriminado de anabolizantes pode levar inclusive ao óbito, e os efeitos negativos são vistos em todos os lugares, desde academias, até entre as celebridades que vez ou outra acabam no hospital pelo uso dessas substancias.

Ainda que esses hormônios possam ser utilizados por razões clínicas e prescritos por médicos, os motivos para que isso aconteça normalmente estão ligados a reposição hormonal em homens, ou então para ajudar pacientes com doenças como Aids a ganhar peso, ou seja, os motivos são completamente diferentes do que os estéticos, e muito mais sérios.

Ainda assim os casos clínicos sugerem que esses pacientes tomem apenas doses mínimas de esteroides, afim de tratar e corrigir o problema do qual eles vem sofrendo.

É importante estar ligado ainda no uso das injeções de anabolizantes e no fato de que ainda que existam muitas campanhas quanto a isso, e que as pessoas saibam dos riscos à muito tempo, muitas delas ainda insistem em compartilhar seringas, aumentando o risco de infecções pelo HIV e de hepatites.

Outro risco relacionados aos anabolizantes é que muitos deles podem ser falsificados, uma vez que a venda e o consumo são proibidos, sendo assim, os efeitos colaterais podem ser ainda mais graves, e há o risco muito grande de não saber o que exatamente você está colocando dentro do seu organismo.

Muitos atletas consomem anabolizantes a fim de conseguirem uma melhora na performance dentro do esporte. Os anabolizantes, quando entram em contato com as células do tecido muscular, aumentam o tamanho dos músculos do corpo humano.

Porém, isso é caracterizado Doping, e o esportista pode ser punido por isso, como já ocorreu em inúmeros casos. Dependendo da situação, o atleta pode ser banido do esporte.

É importante lembrar que esse tipo de substância é feita em laboratório, e que seu uso não é o estético, onde pessoas se utilizam de remédios que possuem outros fins para ganhar mais massa muscular rapidamente.

Nesse sentido, como pode ser bom colocar substâncias artificiais em seu corpo? Será que vale a pena colocar sua vida em risco por um efeito que não irá durar, e que se você insistir em fazê-lo perdurar você pode inclusive perder a vida?

Os riscos são muitos e as possibilidades de ir contra isso também! Invista em atividades físicas, treinamentos continuados, em suplementos adequados para você e que farão você aproveitar o melhor do seu corpo.

Invista também em uma alimentação balanceada, com frutas, verduras, legumes, shakes, e prepare o seu corpo para que ele cresça de maneira saudável, e acredite, você se sentirá muito bem ao fazer isso de maneira saudável.

Recomendados Para Você:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *