Durateston: saiba benefícios e efeitos colaterais do anabolizante

Bastante conhecido pelos aficionados por academia, o Durateston ou “Dura” é um esteroide anabolizante que possui em sua composição uma combinação de quatro tipos diferentes de testosterona.

O uso recomendado para o medicamento, entretanto pouco tem a ver com academias e exercícios, sendo sua principal função fornecer um coquetel de testosterona para indivíduos do sexo masculino que possuem carências e deficiências hormonais, produzindo um efeito prolongado.

Os quatro tipos de testosterona encontrados no medicamento são o decanoato e testosterona, o propionato de testosterona, o fenilpropionato de testosterona e o isocaproato de testosterona, e essa variação e testosterona é explicada uma vez que dessa maneira, a ação do medicamento se torna mais intensa em pacientes que precisam de rápida reposição hormonal.

Porém, a utilização desse medicamento para fins de ganho de massa muscular na forma de esteroide anabolizante tem ocorrido clandestinamente por aqueles que estão interessados em ganhar massa muscular rapidamente, sem o esforço necessário para tal.

beneficios-durateston

Para que serve o Durateston?

Quando utilizado como esteroide anabolizante o durateston pode proporcionar a perda de gordura corporal e o ganho de massa muscular, o sangue passa a estar mais oxigenado pela maior presença de células vermelhas, e o catabolismo no tecido muscular é diminuído, além disso, o durateston pode aumentar a resposta e o controle dos músculos tornando-os mais eficientes.

Todas essas respostas do organismo ocorrem uma vez que a testosterona lipossolúvel entre nas células se ligando a um receptor presente no DNA, aumentando as células musculares em número e tamanho, mudando inclusive o formato dessas células. Além das grandes mudanças nas células musculares, o aumento de hemácias no organismo proporciona uma regeneração muscular mais rápida após o exercício físico.

Dessa maneira, o Durateston pode servir para acelerar a síntese de proteínas, aumentar a força, e diminuir a taxa de gordura corporal devido as altas taxas de testosterona presentes no anabolizante. Em tempo, ele consegue liderar um processo onde a regeneração do tecido muscular e a queima de estoques de gordura é acelerada, acelerando então o processo de crescimento muscular.

Todos esses benefícios trazidos pelo uso do Durateston podem parecer realmente atraentes para aqueles que são preocupados com o corpo e viciados em academia, e sim, quando olhamos apenas os benefícios os ganhos podem ser substanciais, mas quais são os efeitos colaterais? A custa de que o Durateston oferecerá isso a quem o utiliza? Esteja ciente das consequências do anabolizante e preparado para enfrentar o fato de que o custo que ele impõe é muito maior do que os benefícios.

Contraindicações do Durateston

Antes de começar a tomar o Durateston, é preciso tomar alguns cuidados e precauções para não prejudicar a saúde. O consumo do estereoide não é recomendado nos casos que listamos a seguir. Se você tiver ou tenha suspeita de ter algum – ou mais – dos problemas abaixo, consulte um médico antes de iniciar o ciclo de Durateston.

O uso do Durateston é contraindicado em casos de pessoas que tenham (ou tenham tido):

  • Câncer de mama que tenha espalhado para os ossos;
  • Câncer renal ou pulmonar;
  • Doenças do coração;
  • Doenças dos rins;
  • Doenças do fígado;
  • Pressão arterial elevada;
  • Diabetes mellitus;
  • Epilepsia;
  • Enxaqueca, dores de cabeça;
  • Complicações prostáticas, tais como problemas para urinar.
  • Mulheres, de uma forma geral;
  • Crianças a adolescentes devem tomar sob prescrição médica, pois pode causar desenvolvimento sexual precoce e afetar o crescimento;
  • Grávidas e gestantes;
  • Pessoas alérgicas a amendoim ou à soja, pois o produto contém óleo de amendoim em sua fórmula;
  • Pessoas que fazem uso de insulina ou outro medicamento para controle dos níveis de açúcar;
  • Pessoas que tomam medicamentos anticoagulantes;
  • Pessoas que estejam utilizando – ou estejam a ponto de utilizar – o hormônio ACTH ou corticosteroides (utilizados para tratar várias doenças como reumatismo, artrite, alergias e asma).

Efeitos colaterais do Durateston

durateston

Primeiramente, devemos chamar a atenção ao fato de que o uso do Durateston para fins estéticos é proibido no Brasil. Isso acontece pois a lista de efeitos colaterais do medicamento para aqueles que não necessitam de um tratamento médico baseado em seu uso é bastante extensa, trazendo muito mais males do que benefícios a quem o utiliza.

Por possuir quatro tipos de testosterona em sua composição, os efeitos colaterais do Durateston se fazem em relação ao fato de que o aumento do uso da testosterona indevidamente acaba provocando um fenômeno onde essa testosterona se transforma em estrógeno, um hormônio feminino que quando aparece em altas doses no organismo pode causar o aumento da gordura corporal, atrofia dos testículos, diminuição da libido, alta retenção de líquidos, ginecomastia (crescimento das mamas), hipertensão, além dos problemas que podem aparecer como dor para urinar, problemas com colesterol, problemas cardíacos graves, distúrbios nos rins e fígado, e queda de cabelo.

Nas mulheres o efeito é contrário, onde a testosterona em grandes quantidades passa a causar o efeito da “masculinização”, onde ocorre engrossamento da voz, maior crescimento de pelos, ciclo menstrual desregulado, chances de desenvolver amenorreia, e infertilidade.

Outra questão em relação ao uso do durateston é que como seu uso para fins estéticos é proibido no Brasil, conseguir o medicamento sem uma receita apropriada é muito complicado, o que faz com que as pessoas recorram ao mercado negro.

No mercado negro há uma quantidade enorme de durateston falsificado devido a sua alta procura e pelo fato do preço ser reduzido, o que agrava ainda mais os riscos de efeitos colaterais que podem ser substancialmente aumentados, trazendo graves consequências para a saúde de quem o utiliza.

Nesse sentido, além dos enormes perigos relacionados ao uso do durateston, o quadro pode ser ainda mais grave por conta do alto índice de falsificação do medicamento.

Será que vale a pena colocar sua saúde em risco e estar exposto a problemas que podem ser irreversíveis? Não seria melhor ter paciência, e focar em treinos e exercícios regulares combinados com uma alimentação balanceada? O caminho correto para o corpo dos sonhos é sempre através da saúde, e por isso o uso de anabolizantes para estética é proibido.

Composição do Durateston – 250 mg/ml:

Cada mL contém:

  • 
Propionato de testosterona – 30 mg
  • Fempropionato de testosterona – 60 mg
  • Isocaproato de testosterona – 60 mg
  • Decanoato de testosterona -100 mg
  • Excipientes: álcool benzílico e óleo de amendoim.

A quantidade total de testosterona por ml é de 176 mg.

Como tomar Durateston? Conheça os ciclos

Para quem decide utilizar o Durateston, a forma de utilizá-lo é através de ciclos que podem ser curtos, médios ou longos.

Ciclo curto: Ciclo de no máximo dez semanas, onde seis semanas são de uso do anabolizante e quatro semanas são de intervalo, sendo vetada a utilização de qualquer outro anabolizante. De todos os ciclos este, obviamente, é o que oferece um índice menor de efeitos colaterais, devido a menor exposição a droga, mas ainda sim foram registrados problemas relacionados a perda de libido, inchaço e até mesmo ganho de peso.

Ciclo médio: Ciclo de no máximo quinze semanas, com oito semanas utilizando o anabolizante e sete semanas sem utilizar nenhuma outra droga. Aqui a exposição ao medicamento é aumentada, o que gera uma exposição muito considerável aos efeitos colaterais.

Ciclo longo: Dez semanas contínua do uso do anabolizante, que levam a uma alta exposição da pessoa aos efeitos colaterais do medicamento, onde até mesmo problemas cardíacos podem ser observados.

Conseguir um resultado rápido e fácil nunca é a resposta, e em relação ao corpo e aos exercícios físicos não seria diferente. Nesse sentido, investir no uso de anabolizantes pode até melhorar seus resultados na academia por um ou dois meses, mas o custo após ou ainda durante esse período é muito alto.

É comum encontrar depoimentos de pessoas que fizeram o uso deste e de outros anabolizantes e se arrependeram amargamente, uma vez que o preço dos efeitos colaterais foi muito superior aos “benefícios”, havendo casos de longas internações relacionadas ao ciclo longo do medicamento, e até mesmo casos onde houve o aparecimento de tumores no fígado.

Não vá pelo caminho que parece ser mais fácil mas que na verdade é muito mais custoso, escolha sua saúde, escolha ter uma boa alimentação, e praticar exercícios de acordo com os seus desejos e as possibilidades do seu corpo.

O resultado pode demorar um pouco mais, mas com certeza aparecerá, podendo perdurar de maneira saudável, ao contrário do que é visto em relação ao uso dos anabolizantes.

Onde comprar Durateston?

O Durateston pode ser comprado em farmácias e lojas de revendedores autorizados, até mesmo na internet. Lembrando que a venda só pode ser feita sob prescrição médica. Por isso, consulte o seu médico antes de procurar o estereoide e tome cuidado com produtos falsificados ou vendidos ilegalmente. Isso pode prejudicar a sua saúde!

Quanto custa o Durateston?

Existem variados preços do Durateston, mas o preço mais baixo encontrado é o da Ultrafarma. O Durateston 250 mg injetável, com 1 ampola de 1 ml (C5), custa R$ 7,61.

Recomendados Para Você:

teste