Diferenças entre cabelo masculino e feminino

Antes de ler esse artigo, tenho uma pergunta para você: Você tem interesse em demorar muito mais na cama? Quer saber o segredo dos atores pornô e deixar sua mulher LOUCA DE TESÃO? Clique aqui e assista ao vídeo.

Quando pensamos nas diferenças entre cabelo masculino e feminino, geralmente pensamos rapidamente em cortes típicos para cada gênero, sem considerar se há, de fato, diferenças físicas no cabelo de cada um deles.

Na prática, há algumas diferenças no que diz respeito à textura, ao crescimento e às características gerais dos fios que geram diferenças entre cabelo masculino e feminino de forma geral.

Cabelos femininos e masculinos

É claro que as regras não são fixas. É possível que, em uma mesma família, uma irmão e uma irmã tenha as características opostas ao que se espera dos fios em cada gênero, e isso é absolutamente normal.

Aquelas que são tradicionalmente atribuídas como as diferenças entre cabelo masculino e feminino, são diretrizes gerais, que simplesmente servem para facilitar a compreensão das características da maioria.

Taxa de crescimento

Uma das principais diferenças entre cabelo masculino e feminino está na velocidade média do crescimento. Embora não seja, nos números, uma diferença gigantesca, quando aplicada em alguns meses de crescimento, a taxa representa uma diferença visual bastante significativa.

Em adultos, o cabelos dos homens crescem cerca de 0,349 milímetros por dia, enquanto o das mulheres apresenta uma média de 0,339 milímetros de crescimento diário. Em crianças, a diferença é ainda maior, com cerca de 0,34 milímetros por dia nos meninos, e 0,30 milímetros diários em meninas.

Padrão de perdas e calvice

Há diferentes padrões e formatos de perda de cabelo que diferenciam homens e mulheres neste aspecto, chamados de padrões de calvice.

No caso das mulheres, o caso mais comum ocorre entre o período final da quarta década de vida e os dez anos seguintes, quando há uma significativa perda de cabelo, causada especialmente por fatores hormonais, mas sem um calvice aparente efetiva.

Neste caso, diminui a quantidade de fios, mas ela não é focada, nem gera grandes áreas sem nenhum cabelo, como acontece com homens.

No caso dos homens, o caso mais comum de calvice é uma condição chamada popularmente de “padrão masculino de calvice”, que consiste no progressivo afinamento dos fios, até que ocorra a queda do cabelo e eles não voltem a crescer.

Os folículos no couro cabeludo começam a ficar mais finos por funções hormonais, especial nas porções frontais e no topo da cabeça. À medida que estes folículos tornam-se mais finos, os fios também diminuem sua grossura e tornam-se menos pigmentados, até o momento em que simplesmente deixam de crescer.

Embora estes sejam os casos mais comuns que demonstram as diferenças entre cabelo masculino e feminino no que diz respeito à perda de cabelo, há uma série de outros padrões – quase todos ligados a uma combinação de envelhecimento, hormônios e carga genética hereditária:

  • Tanto homens quanto mulheres costumam ficar com os fios de cabelo mais finos com o passar do tempo;
  • Padrões genéticos hereditariamente recebidos favorecendo a queda de cabelo costuma afetar muito mais homens do que mulheres;
  • Cerca de 25% dos homens começam a ficar carecas perto dos trinta anos, e cerca de dois terços já são calvos ou em processo de calvice perto dos 60 anos;
  • Padrões femininos de queda de cabelo costumam apresentar uma queda bem distribuída pelo couro cabeludo, sem áreas marcadamente sem cabelos;

Grossura dos fios

Na media, homens possuem os fios mais grossos do que as mulheres, especialmente se comparados dentro de uma mesma família.

Recomendados Para Você:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *