Damiana: conheça seus benefícios para o corpo

Antes de ler esse artigo, tenho uma pergunta para você: Você tem interesse em demorar muito mais na cama? Quer saber o segredo dos atores pornô e deixar sua mulher LOUCA DE TESÃO? Clique aqui e assista ao vídeo.

Damiana

A damiana é uma planta aromática e floral nativa da América Central e de algumas regiões da América do Sul. Utiliza-se suas folhas para fins culinários e terapêuticos há muito tempo, e – atualmente – diversas outras formas de aproveitamento de seus extratos naturais são feitas, como o uso de cápsulas, extratos líquidos e chás.

Além disso, atribui-se uma enorme quantidade de propriedades medicinais para a planta, especialmente em relação ao seu potencial como fortalecedor sexual. Confira quais são os benefícios da damiana para o organismo:

Afrodisíaco

A quantidade de plantas nativas com capacidade afrodisíaca beira o incontável, e a damiana faz parte desta longa lista. Na verdade, a planta era utilizada como um afrodisíaco popular na civilização Maia. A erva funciona como um estimulante sexual que aumenta a libido e, segundo os registros de nativos, aumenta o prazer sexual obtido durante o ato.

Sua reputação como um afrodisíaco é tão conhecida que um de seus nomes científicos para catalogação da espécie é Turnera aphrodisiaca, em homenagem à funcionalidade. Em relação a esta atuação sobre o organismo, diversos estudos já foram publicados, especialmente no México.

Segundo um dos mais conhecidos deles, publicados em 2009, há evidências de que a damiana efetivamente possui efeitos afrodisíacos, além de auxiliar em questões como disfunção erétil.

Tratamento de impotência

Segundo os Maias, a damiana oferece o pacote completo. Nada adianta aumentar a libido se o homem sofre de impotência – o que não é um problema para que utiliza a damiana. A planta auxilia no tratamento da disfunção erétil, garantindo uma circulação sanguínea aprimorada na região genital, que permite ereções mais duradouras e rígidas.

Além de melhorar as ereções através do fluxo sanguíneo, fala-se que a planta ainda auxilia a lidar com ejaculação precoce, permitindo uma atividade sexual mais longa. Em relação a esta última questão, no entanto, não há estudos que comprovem a eficiência do chá.

Tratamento da frigidez

Se a impotência é um grande problema para os homens, herbalistas acreditam que a damiana também seja capaz de lidar com seu equivalente feminino: a frigidez. A atuação da erva no corpo feminino é muito semelhante, aumentando a circulação sanguínea na região genital. O efeito disso é o aumento da sensibilidade do clitóris, elevando o prazer sexual.

De acordo com um estudo publicado na Wellness International Network, a damiana é capaz, de fato, de gerar estes efeitos. Ela é especialmente eficiente em mulheres que atravessam a menopausa, pois promove uma recuperação hormonal significativa. Isso auxilia a recuperar o desejo e o prazer sexual.

Melhoras no humor

Um dos efeitos positivos da damiana que não estão relacionados à sexualidade é sua ação sobre questões psicológicas. Ela alivia o estresse, a ansiedade e a depressão em homens e mulheres. Essas propriedades acalmam a pessoa, favorecendo melhorias no humor e no tratamento de sintomas de distúrbios da mente.

Aplicações na culinária

Além de suas propriedades terapêuticas, as folhas da damiana são utilizadas como uma espécie de tempero, especialmente na culinária tradicional mexicana. Seu sabor é popular na aromatização de bebidas, além – é claro – na produção de chás variados.

Cuidados e efeitos colaterais

Em geral, o uso da damiana é bastante seguro. No entanto, suas propriedades podem afetar certos grupos de pessoas de maneira negativa, e é importante ter alguns cuidados em relação ao uso da planta. Em especial, mulheres gestantes e lactantes devem evitar o consumo da planta em qualquer forma. O mesmo deve ser feito por pessoas hipoglicêmicas.

Além disso, seu uso sempre deve ser feito por períodos pequenos de tempo. Não recomenda-se o consumo diário de Damiana por mais de uma semana, nem a sobrecarga de dosagem em um único dia. Duas xícaras de chá, por exemplo, são suficientes para a otimização de seus efeitos, e o exagero do consumo pode levar a efeitos colaterais indesejados.

Recomendados Para Você:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *