Corretor postural: tipos e utilização da espaldeira

Antes de ler esse artigo, tenho uma pergunta para você: Você tem interesse em demorar muito mais na cama? Quer saber o segredo dos atores pornô e deixar sua mulher LOUCA DE TESÃO? Clique aqui e assista ao vídeo.

O corretor postural, também chamado de espaldeira, é um elemento cada vez mais comum nos tratamentos  ortopédicos. Nossa postura é definida por nossa musculatura e pelo formato de nossa coluna. Por isso, a forma como nos portamos durante a rotina, as condições de nossos músculos e interferências em nossa espinha podem gerar diversos problemas.

Pior ainda é o fato de que algum desvio na condição tende a tornar-se mais grave com o passar do tempo, se não for tratado. Muitas vezes, o tratamento consiste em simplesmente “obrigar” a postura a ser adequada, utilizando-se de um corretor postural.

Também chamados de suporte postural ou espaldeira, estes itens são importantes aliados na manutenção de uma postura adequada, mas exigem conhecimento de uso. Saiba mais sobre corretores posturais, seus tipos e recomendações:

O que é um corretor postural?

O corretor postural é uma espécie de traje personalizado para o tronco, que dá suporte desde a parte inferior das costas até os ombros e pescoço. Ele funciona “puxando” os ombros para trás, e deixando as costas mais retas ao alinhar o corpo da forma ideal – a chamada “posição natural”.

Para mulheres, um corretor postural pode ser utilizado como uma espécie de sutiã adaptado, evitando a necessidade do corretor mais o sutiã, enquanto homens podem encontrar outros tipos de modelos, tratados na sequência.

Quando alguém deve utilizar um corretor postural?

As espaldeiras são recomendadas clinicamente para pessoas com deformidades nas costas. Os tipos mais comuns de deformidades são as inclinação para frente, as inclinações laterais e entortamentos decorrentes do avançar dos anos.

A falta de exercícios e o aumento de peso são fatores que contribuem significativamente para a deterioração da postura correta. Quando há este tipo de dano, recomenda-se a utilização do corretor postural, para que – como seu próprio nome sugere – a condição seja levada de volta à normalidade.

Em alguns casos, a utilização do equipamento também pode ser recomendada para pessoas com desgastes em função de sua rotina de trabalho. É muito comum que pessoas que passam horas seguidas sentadas, com a postura inadequada acelerem o processo de degeneração da postura.

Em alguns casos, as espaldeiras também são recomendadas para pessoas que sofreram lesões por acidentes ou operaram a coluna, e precisa de suporte para garantir que a recuperação seja feita com a postura correta.

Tipos de corretor postural

Há diferentes tipos de corretor postural, e você sempre deve utilizar aquele que for recomendado pelo profissional responsável por sua saúde. Um dos tipos mais comuns é o corretor em forma de cinta, que é posicionado na base da coluna, e sobe até a altura equivalente ao tórax. Ele envolve toda a circunferência das costas e da barriga e é firmemente preso sob a roupa. Além disso, há modelo mais parecidos com “armaduras”, para casos mais graves, e faixas de ombro.

Cada um dos tipos é utilizado para uma correção específica, e não pode ser substituído por outro. Para mulheres, há ainda as opções de corretor integrados com sutiãs, que tornam sua utilização bem mais prática.

Recomendados Para Você:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *