Coceira na barba: causas e tratamentos

Antes de ler esse artigo, tenho uma pergunta para você: Você tem interesse em demorar muito mais na cama? Quer saber o segredo dos atores pornô e deixar sua mulher LOUCA DE TESÃO? Clique aqui e assista ao vídeo.

Esteja você deixando os pelos faciais crescerem ou não, a coceira na barba é um problema que acomete a maior parte dos homens com alguma frequência. Em alguns casos, trata-se de um sintoma bem identificado, com a coceira iniciando logo no início do período do crescimento da barba, que é a maneira mais comum deste fenômeno manifestar-se.

Em outras ocasiões, a coceira na barba simplesmente parece começar sem um motivo aparente, mesmo que ela não esteja em fase inicial de crescimento. A verdade é que um pouco de coceira pode até ser normal, mas quando o problema se torna excessivo, é necessário descobrir quais são suas causas, pois elas podem evoluir para uma situação significativamente pior.

Saiba como lidar com coceira na barba, suas causas prováveis e o que fazer para evitar o problema no futuro:

Principais causas para a cabelo na barba

Entre as principais causas possíveis, pode-se determinar :

Início da fase de crescimento

Quando você utiliza uma lâmina para fazer a barba, acaba criando uma ponta “afiada” de cabelo dentro de cada folículo capilar que armazena os fios. Quando o seu cabelo cresce, essa ponta deixada pela lâmina pode raspar na parte interna do folículo, gerando a sensação de coceira incômoda.

Por isso, é especialmente comum sentir essa coceira quando você deixa que a barba cresça após um longo período barbeando com frequência.

Pele seca

Outro motivo muito comum para coceira na barba é relacionado à pele seca, especialmente quando estimulada por certas situações externas. Exemplo disso é imergir sua pele na água muito quente durante o banho, ou expor seu rosto demais à temperatura gelada ou seca. Alguns shampoos e sabonetes também podem tornar a pele seca ao reduzir seus óleos naturais.

Fatores como a genética ou o tipo de trabalho que você executa em seu dia a dia são igualmente importantes para definir os cuidados e os tipos de sabonete que evitarão que sua pele passe por problemas deste tipo, levando à coceira na barba.

Pelo encravado

O grande pesadelo de muitos homens com barba cheia é o encravamento dos pelos. Isso acontece quando um fio da barba que começa a crescer não o faz para fora da pele, mas para dentro do próprio folículo.

Isso faz com que, ao longo do tempo, se desenvolva uma inflamação chamada foliculite, que nada mais é do que a inflamação do folículo. A região costuma ficar vermelha e dolorida, podendo até mesmo soltar pus quando pressionada. Muitas vezes, a foliculite é confundida com uma espinha, mas a coceira faz com que você perceba a diferença.

Pessoas com o pelo facial mais crespo e grosso tendem a sofrer mais de pelos da barba encravados, o que é um ponto negativo para quem conta com o rosto cheio de pelos e orgulha-se disso.

Contágios diversos

Especialmente o contágio com fungos tende a ser uma das causas de coceira na barba. Neste caso, é mais comum que o problema aconteça com homens que já possuem um pouco de barba, pois a região torna-se mais propensa a acumular umidade e proteger-se do sol.

Como tratar a coceira na barba?

A melhor forma de tratamento é, claro, a prevenção. Manter uma boa higiene, lavando sua barba com produtos de qualidade diariamente é uma excelente maneira de começar a proteção. Além disso, quem sofre da pele seca pode considerar tratamentos de hidratação da pele do rosto para evitar que a coceira reapareça.

Se o seu caso é mais grave, ou trata-se de um problema que já está em desenvolvimento, pode ser necessário utilizar medicações de via oral ou de aplicação tópica no local afetado. Neste caso, no entanto, é importante lembrar que os tratamentos só devem ser feitos sob a indicação de um dermatologista.

Recomendados Para Você:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *