Cipó-cravo: conheça os benefícios desta erva

Antes de ler esse artigo, tenho uma pergunta para você: Você tem interesse em demorar muito mais na cama? Quer saber o segredo dos atores pornô e deixar sua mulher LOUCA DE TESÃO? Clique aqui e assista ao vídeo.

Cipó-Cravo

O cipó-cravo, também chamado em algumas regiões de cipó-trindade, é uma planta bastante comum no sudeste brasileiro. Ela é especialmente comum nos estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo. Seu nome surge do aroma semelhante ao do cravo que é exalado pela planta.

Com princípios ativos bastante ricos, o cipó-cravo cresce em ambientes bastante específicos, e seus benefícios para a saúde fazem com que o produto seja bastante procurado para o uso em chás e suplementos com seus componentes ativos.

Seu uso data de alguns séculos, quando os colonizadores e habitantes do Brasil após a chegada europeia passaram a utilizar a planta. Ela servia para propriedades medicinais e cosmética, especialmente na perfumaria, em função de seu aroma.

Entre os vários benefícios do cipó-cravo para a saúde, destacam-se:

Efeito analgésico

O efeito analgésico do cipó-cravo é um dos mais estudados até então, principalmente por universidades brasileiras. O consumo oral do produto é o mais recomendado para o máximo aproveitamento deste benefício no corpo, e pode ser um grande aliado especialmente para inflamações no trato digestivo.

Seu uso também é recomendado para o alívio dos sintomas e das dores de problemas como artrite e artrose. Embora não trata as condições em si, o alívio nas dores e inchaços é bastante útil para quem sofre do problema.

Efeito afrodisíaco

O cipó-cravo é uma entre as várias ervas de tradicionais que oferecem efeitos afrodisíacos para seus consumidores. Supostamente, a erva é capaz de aumentar o fluxo sanguíneo na região genital, favorecendo a libido e a a performance sexual. Não há, no entanto, estudos científicos que demonstrem a eficácia deste efeito;

Benefícios para o trato digestivo

Tanto em função de seus efeitos  anti-inflamatórios, como em  função de outros componentes importantes do cipó-cravo, o chá da planta pode ser significativamente benéfico. Ao passar pelo sistema gastro-intestinal, ele promove uma espécie de “limpeza” do trato digestivo, evitando o desenvolvimento de danos como úlceras.

Efeito estimulante

Segundo a cultura popular, o cipó-cravo também garante mais energia e disposição para o dia a dia. O uso recorrente do chá possui efeito estimulante a curto prazo, o que o torna uma boa alternativa ao café, por exemplo.

Como consumir o cipó-cravo?

A utilização do cipó-cravo é feita geralmente através de chás. As infusões podem ser feitas diretamente na água fervente, por cerca de dez minutos, com a filtragem de possíveis resíduos, pode-se beber tanto o chá fresco, quanto guardado para demais vezes no dia.

Em geral, durante algum tratamento dos efeitos benéficos do produto, recomenda-se  duas a três xícaras do chá de cipó-cravo durante o dia. Durante períodos normais, não é recomendada a ingestão de mais de duas xícaras diárias, considerando a possibilidade de sobrecarga no trato urinário.

Cuidados e contra-indicações

Não há efeitos colaterais conhecidos para o uso do cipó-cravo, no que diz respeito a possíveis prejuízos para o corpo. Isso não significa, no entanto, que a seu consumo seja absolutamente seguro e sem riscos em qualquer quantidade.

É importante não exagerar na dosagem. Além disso, se você toma algum tipo de medicação relacionada aos efeito do cipó-cravo no corpo, é importante conversar com o médico responsável a respeito de possíveis interações entre a planta e o medicamento atual.

Recomendados Para Você:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *