Assistir muito filme pornô faz mal? Saiba mais aqui

Com todo esse fácil acesso, todo o variado catálogo de gêneros e possibilidades, assistir filmes pornôs se tornou muito mais rotineiro do que costumava ser. Quer dizer, se é tão fácil assim assistir pornografia, por que você não assistiria?

Mas, com o tempo, alguns caras podem começar a se preocupar: será que estou assistindo muito filme pornô? E, com isso, vem o questionamento de se assistir muito filme pornô faz algum mal para a saúde. Apesar de muitos estudos serem realizados sobre o assunto, não há nenhuma conclusão significativa se assistir muito pornô possa trazer algum dano físico ao organismo.

Alguns psicólogos, porém, observam que o excesso de pornografia pode trazer, sim, alguns problemas psicológicos.

homem-assistindo-tv

Foto: Thinkstock

Quais os perigos de assistir muito filme pornô?

Alguns psicólogos passaram a observar um fenômeno que ocorre com homens que assistem muito filme pornô. Esses médicos passaram a chamar o dito fenômeno de Distúrbio de Déficit de Atenção Sexual, ou simplesmente DDAS. Apesar de não ser um termo clínico oficial, e só alguns médicos se referirem a ele assim, esse é um problema que pode afetar alguns homens por causa do excesso de pornografia que eles assistem.

Quais são os sintomas do Distúrbio de Déficit de Atenção Sexual?

Você tem dificuldades em manter uma ereção durante o sexo? Talvez o problema não seja impotência, e sim, o excesso de pornografia. Isso acontece porque o nível de estimulação que você recebe enquanto assiste um filme pornô é muito maior do que o que você recebe durante um sexo normal.

Outro sintoma do Distúrbio de Déficit de Atenção Sexual é a dificuldade de um homem em gozar durante o sexo. Muitas mulheres, inclusive, se queixam dos seus parceiros apenas fingirem que gozaram para terminar. Esses homens têm muita dificuldade em chegar ao orgasmo durante o sexo e precisam de estimulação oral ou das mãos para conseguir gozar.

Qual é a causa desses problemas fisiológicos?

O problema dos homens não conseguirem gozar normalmente não está diretamente ligado com o excesso de pornografia. O problema de verdade é que esses homens estão se masturbando enquanto assistem o filme pornô. Com isso, eles estão ejaculando com muita frequência e, à medida que você amadurece, o período de tempo que demora para o seu organismo “recarregar” aumenta. O mesmo acontece com o período entre uma ereção e outra, por isso, a dificuldade de se manter ereto durante todo o tempo do sexo.

O que um homem pode fazer para melhorar esses sintomas?

O “tratamento” é bastante simples: você só precisa assistir pornô e se masturbar com uma frequência menor. Se você tem uma parceira, guarde as suas forças para ela. Mas, se você for solteiro, não precisa deixar de se masturbar totalmente, mas, quando você for se masturbar, tente usar sua mão não dominante.

Então, se você for destro, masturbe-se com a mão esquerda. Isso irá diminuir a intensidade do ato e não vai exigir tanto de você fisicamente. Além disso,quando você se masturbar, evite assistir pornô e tente se excitar só com a sua imaginação ou com lembranças de experiências sexuais passadas.

Recomendados Para Você:

teste