Alongamento: Antes ou depois do treino?

Uma das maiores dúvidas dentro das academias é se o alongamento deve vir antes ou depois do treino. Por bastante tempo, foi fortemente defendido que o alongamento era essencial antes do treino, embora nunca existisse grande base científica para isso.

Alongamento no treino: Antes ou depois?

Recentemente, tem sido observado que talvez o alongamento antes do treino esteja prejudicando o desempenho dos atletas. Portanto, a dúvida se agrava ainda mais. A seguir, tentamos analisar melhor a questão do alongamento, suas funções, e como é sua realização antes e depois do treino, para enfim verificar qual deles de fato é mais adequado para os atletas.

A função do alongamento

Para entender como o alongamento funciona, você precisa entender o que é o fuso muscular. O fuso muscular é o que controla o máximo da amplitude do movimento realizado pelos seus membros.

O alongamento, então, é uma forma de trabalhar o fuso muscular, forçando sua resistência ao esticar as fibras musculares. Ao mesmo tempo, durante o treino, os limites do fuso muscular estão sofrendo uma forte exigência do exercício. Dessa forma, tanto o treino quanto o alongamento irritam o fuso muscular, forçando a amplitude máxima dos movimentos.

Devo alongar antes do treino?

Tendo em mente como tanto o alongamento quanto o exercício no treino irritam o fuso muscular, não seria recomendado realizar o alongamento antes do treino. Isso acontece porque o alongamento iria forçar a amplitude do movimento, irritando os músculos. Após isso, o treino serviria apenas para causar um estresse ainda maior na musculação.

Além disso, como consequência do aumento da irritação nos músculos, o alongamento ainda pode prejudicar o seu desempenho no treino. Como o fuso muscular seria forçado tanto no alongamento quanto no treino, os músculos já estariam um pouco desgastados quando o exercício começasse, fazendo com que você tivesse menos força para realizar sua rotina.

O alongamento deve ser no pós treino?

O problema de alongar no pós treino, é que as consequências seriam as mesmas do que no pré treino. Depois de realizar o exercício, seus músculos estão bastante desgastados, e o fuso muscular foi forçado ao máximo com o esforço do treino.

Dessa forma, realizar o alongamento logo depois do treino pode desgastar ainda mais os seus músculos, causando uma irritação maior. Por isso, deve-se evitar o alongamento logo depois do pós treino, esperando passar pelo menos uma hora e realizá-lo com bastante cuidado, visando apenas um melhor relaxamento muscular depois de todo o esforço realizado.

Então quando devo realizar o alongamento?

Muitos estudos ainda devem ser feitos para entendermos completamente os efeitos do alongamento e quando ele deve ser realizado em relação ao treino. Apesar de poder irritar os músculos, forçando o fuso muscular antes e depois do treino, o alongamento ainda é muito importante para a boa saúde do corpo.

Dessa forma, é preciso sempre reservar alguns momentos do seu dia a dia para trabalhar na flexibilidade. Só por não ser recomendado para o pré, e em alguns casos, para o pós treino, não quer dizer que o alongamento não tenha seu valor, ele deve ser realizado com frequência na sua rotina, para a funcionalidade do seu corpo e movimentos permaneça plena.

Recomendados Para Você:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *