Abdominais hipopressivos: como fazer? Quais os benefícios?

Antes de ler esse artigo, tenho uma pergunta para você: Você tem interesse em demorar muito mais na cama? Quer saber o segredo dos atores pornô e deixar sua mulher LOUCA DE TESÃO? Clique aqui e assista ao vídeo.

Abdominais hipopressivos

Tanto para a perda de peso quanto para o desenvolvimento de um corpo atraente, os músculos abdominais são verdadeiramente importantes – assim como difíceis de se obter resultados. Mais e mais formas de treinamentos abdominais são desenvolvidas com o tempo, mas poucos são reconhecidamente tão eficientes quanto os abdominais hipopressivos.

Uma rotina simples de abdominais hipopressivos auxilia a queimar as gorduras acumuladas na região abdominal e ainda gera volume e definição para a região. Se você ainda não conhecia a técnica, pode-se considerar com sorte hoje, pois é possível que esse seja o caminho para o abdômen desejado.

Conheça mais sobre os abdominais hipopressivos, e como beneficiar-se deles:

O que são abdominais hipopressivos?

Estes exercícios são um conjunto de posturas e técnicas de respiração que garante excelentes resultados na redução de gorduras e tonificação muscular do abdômen. Eles fortalecem a região abdominal e a porção inferior das costas com técnicas que envolver a contração do diafragma enquanto você segura o fôlego.

É justamente deste movimento que o nome “hipopressivo” surge. Ele gera pressão interna inversa, ativando a assoalho pélvico e as paredes abdominais. A diferença entre essa técnica e técnicas tradicionais é a utilização da pressão como elemento ativador da musculatura, em vez de a força física propriamente dita.

Quais são os benefícios dos abdominais hipopressivos?

Quem pensa que os abdominais hipopressivos exigem pouco esforço, pode desistir da ideia. Apesar de parecer simples, ainda é um exercício, e exige concentração e dedicação. Considera-se a técnica mais exigente do que os exercícios de prancha, por exemplo.

No entanto, os resultados são perceptíveis. Entre seus principais benefícios, os destaques são:

  • Redução e tonificação da musculatura abdominal;
  • Correção da postura e do equilíbrio;
  • Redução do estresse e da ansiedade;
  • Prevenção de dores nos quadris e hérnias;
  • Redução de dores na porção inferior das costas;
  • Fortalecimento do assoalho pélvico e maior controle da incontinência urinária;
  • Prevenção de lesões musculares nas regiões afetadas;

Como fazer abdominais hipopressivos

A prática de abdominais hipopressivos inicia-se através da inalação, onde segura-se o fôlego de 15 a 30 segundos, tentando “elevar” o diafragma. Em seguida, deve-se exalar lentamente. Este movimento de inalação e exalação deve ser mantido durante toda a prática do exercício.

A posição inicial inicia-se em pé, com os pés posicionados na mesma largura de seus ombros. Deve-se, então, flexionar levemente os joelhos e inclinar o tronco para frente, formando um círculo com seus braços, como se estivesse abraçando alguém.

Mantenha as costas retas e olhe para frente de forma fixa. Inale nesta posição, tentando expandir o peito tanto quanto possível. Quando atingir o ponto máximo, concentre-se e segure o fôlego por alguns segundo. O ideal é que se segure o fôlego por ao menos 15 segundos.

Lentamente, exale o ar, retornando à posição normal aos poucos, descansando por 20 segundo e iniciando o movimento novamente. Lembre-se de sempre manter o exercício de respiração mencionado no início deste trecho enquanto estiver descansando, ele é importante para manter o corpo em processo de pressurização interno.

Recomendados Para Você:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *